Colunistas

< voltar
Alysson Lisboa Neves Jornalista
27/Jun/2018 - 11h47 - Atualizado em 27/Jun/2018 - 11h58

Faça o dinheiro trabalhar para você

Saiba como diversificar as fontes de receita para uma carreira repleta de oportunidades e lucratividade


Por Alysson Lisboa Neves
Gustavo Ziller explicou aos alunos como diversificar a receita, seja qual for a área de atuação
Crédito: Felipe Abras

A recente aula ministrada pelo empresário Gustavo Ziller, da 7 Cumes, na Escola Perestroika, foi um soco no estômago dos acomodados. Com o tema "Streaming de dinheiro", Ziller mostrou o caminho para conquistar novos clientes, ampliar as fontes de receita e aproveitar as oportunidades de maneira a gerar uma onda positiva na vida dos empreendedores.

Mas afinal, o que você pode fazer para multiplicar suas fontes de receita e trabalhar de modo que as oportunidades e os negócios comecem a fluir a seu favor? Uma das dicas que foram apontadas é a premissa básica. Descubra o que você faz melhor e como pode ampliar seu espectro de atuação. Ziller, que também é empreendedor Endeavor, encontrou uma maneira peculiar de conhecer e contar histórias das pessoas. E isso tem se multiplicado.

Ele hoje faz escalada como atleta amador e já subiu quatro dos sete picos mais altos do mundo, sendo um em cada continente. O resultado são experiências retratadas em livros, vídeos no Canal Off e palestras Brasil afora. Ele ampliou seu universo de ações, mas sempre focado no que mais gosta de fazer: produzir conteúdo.

Ziller explica que primeiro você precisa imaginar cenários para que, nesse exercício, seja possível atrair novas ideias para além do seu círculo restrito e limitado. Pensar para além do trivial, do óbvio. Faça a pergunta sempre: O que posso fazer para ir além do que já faço costumeiramente para conquistar mais espaço e ter o trabalho reverberado mundo afora?

Tanta dedicação e empenho em fazer sempre além do óbvio fez com que ele fosse reconhecido como um dos 50 profissionais mais inovadores no mundo digital, triunfo que carrega para atrair mais oportunidades gerando um virtuoso ciclo de produção e novos trabalhos.

O segredo que o montanhista revela já faz parte das principais empresas de tecnologia do mundo. Google, Apple, Microsoft, Amazon e Facebook são empresas que entenderam o movimento de que plataformas geram negócios que ampliam as fontes de receita. Um exemplo é o Google Maps. O serviço disponibilizado pela gigante do Vale do Silício serve de base para soluções em aplicativos como AirBnB, Waze, Nike Run e tantos outros. Desse modo, além de divulgar e melhorar constantemente a solução o Google, pode, depois de um certo limite, cobrar pela utilização dos mapas, gerando receitas recorrentes distribuídas entre milhões de usuários de aplicativos.

Precisamos encontrar novas formas de monetizar para além do que já conhecemos
Crédito: Felipe Abras

Dicas para ampliar as receitas nos negócios

  1. Pense para além do que você já tem como receita. É possível fragmentar seu trabalho para vários dispositivos, como celulares, livros impressos, música, podcast, entre outros?
  2. Quais cursos e eventos você pode participar para dar visibilidade ao seu negócio?
  3. Como você trabalha sua rede de influências nas redes sociais como Twitter e LinkedIn? Mantenha ativos seus contatos e faça conteúdo pensando em atingir pessoas estratégicas.
  4. Distribua material gratuito para que ele possa gerar interesse das pessoas. Desse modo, você terá seu trabalho propagado e pode chegar a um cliente disposto a pagar para ouvir ou que você tem a dizer.
  5. Desenvolva um site e um e-mail pessoal. Faça cartões de visita criativos e grave depoimentos com pessoas que participaram de eventos promovidos por você.

#Perestroika#GUSTAVOZILLERFavoritar

Sobre o autor
Alysson Lisboa Neves Jornalista

Jornalista formado pelo Uni-BH, Especialista em Produção em Mídias Digitais pelo IEC PUC Minas e Mestre em Comunicação Digital Interativa pela Universitat de Vic, Espanha. Mais de 20 anos de experiência em mídia impressa e digital, com passagem pelos jornais Hoje em Dia e Estado de Minas. Na Revista Encontro desempenhou a função de editor de novas mídias, coordenador da equipe digital e colunista. É também especialista em desenho de jornais e revistas em tablets e smartphones. Foi professor de jornalismo no Centro Universitário de Belo Horizonte - Uni-BH. É professor de pós-graduação no IEC PUC Minas e de Empreendedorismo no Cotemig. É palestrante nas áreas ligadas ao jornalismo digital, novas mídias, inovação em desenho de jornais e revistas, redes sociais e marketing digital. É colunista do Portal Uai e consultor de novas mídias e marketing digital.

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.