Colunistas

< voltar
CIÊNCIA EM MINAS Redação
21/Jul/2020 - 10h51

Jogo para tratamento cognitivo desenvolvido na UFTM é registrado no INPI

O programa, batizado de Memorex, foi desenvolvido com o apoio da Fapemig


Por CIÊNCIA EM MINAS
Professora Sabrina Barroso e o Memorex

O Memorex, jogo para treinamento cognitivo, desenvolvido no laboratório do Núcleo de Avaliação Psicológica e Investigações em Saúde - NAPIS/UFTM, acaba de ser registrado junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial - INPI, como programa de computador.

O jogo é fruto de um trabalho fomentado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais - Fapemig, ao longo de dois anos, coordenado pela professora Sabrina Barroso, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFTM, e teve a participação de quatro alunos da iniciação científica. "O efeito do registro do jogo é garantir que a UFTM, a Fapemig e eu tenhamos maior segurança em compartilhá-lo com a população brasileira e devolver a essa população o fruto dos impostos pagos, que permitem que a universidade pública exista", afirmou Sabrina.

O Memorex é fruto do edital Universal 2015 da Fapemig, cujo recurso foi liberado em 2017. A ideia de um jogo surgiu a partir da linha de pesquisa de Sabrina, que inclui instrumentos de avaliação e intervenção psicológica e neuropsicológica e que é desenvolvida no NAPIS.

O jogo é uma inovação e segue a tendência mundial de criação de formas de intervenção com caráter lúdico para serem utilizadas em locais remotos.

O Memorex foi criado para ajudar a manter ou melhorar funções cognitivas, em especial percepção visual, memória e planejamento. 

Para mais informações sobre o Memorex e a pesquisa, acesse o site da UFTM.

 

Fonte: http://www.uftm.edu.br/ultimas-noticias/2358-jogo-criado-por-projeto-de-inovacao-da-psicologia-recebe-registro-de-software

#CiênciaEmMinas#Memorex#UFTMFavoritar

Sobre o autor
CIÊNCIA EM MINAS Redação

Ciência em Minas é um projeto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais - SEDE MG - e tem como objetivo divulgar resultados de pesquisa e soluções desenvolvidas em universidades e ICT's mineiras.

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.