Colunistas

< voltar
CIÊNCIA EM MINAS Redação
24/Nov/2020 - 15h22 - Atualizado em 24/Nov/2020 - 15h26

Startup fundada na Unimontes desenvolve aplicativo para revistas científicas de Enfermagem

Ferramenta garante o acesso gratuito a 75 publicações de 11 países de língua portuguesa e espanhola


Por CIÊNCIA EM MINAS
 Aplicativo foi lançado no Fórum 2020, com destaque para a apresentação da equipe da Unimontes responsável pelo desenvolvimento
Crédito: Reprodução Unimontes

A praticidade dos dispositivos móveis associada à maior visibilidade ao conhecimento produzido na Enfermagem e com projeção em nível mundial. É desta forma que o aplicativo desenvolvido por egressos e alunos da Unimontes ganha destaque junto à comunidade científica dos países de línguas portuguesa e espanhola.

Trata-se do RedEdit App, que recebe como nome a abreviação da Rede Iberoamericana de Editores Científicos de Enfermagem, à qual está vinculado. A novidade foi lançada durante o Fórum 2020 Latino-Americano de Editoração Científica em Enfermagem, evento virtual realizado no mês passado, durante três dias, sob a organização do Grupo de Estudos e Pesquisas em Comunicação no Processo de Enfermagem (Gepecopen).

A Startup SEMD – “Dream Developer Company” – é a responsável pelo desenvolvimento do aplicativo. Fazem parte do projeto o mestrando em Modelagem Computacional e Sistemas, Maikon Rocha Antunes (fundador), e Iago Vinicius Silva Costa (diretor de desenvolvimento), ambos egressos do curso de Sistemas de Informação/Unimontes, e os alunos Wesley Rodrigues de Matos (co-fundador) e Lucas Rodrigues Diniz, graduandos em Sistemas de Informação.

Saiba mais sobre o projeto no site Unimontes.

 

Fonte: https://unimontes.br/alunos-e-egressos-da-unimontes-criam-aplicativo-para-a-rede-ibero-americana-de-revistas-cientificas-de-enfermagem

#UnimontesFavoritar

Sobre o autor
CIÊNCIA EM MINAS Redação

Ciência em Minas é um projeto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais - SEDE MG - e tem como objetivo divulgar resultados de pesquisa e soluções desenvolvidas em universidades e ICT's mineiras.

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.