Notícias

< voltar
19/Set/2017 - 11:37 - Atualizado em 20/Set/2017 - 14:03

“Copiar pode ser a maior inovação”, diz coordenadora da Endeavor, no Sebrae Exchange JF

Durante evento em Juiz de Fora, Júlia Mendes deu algumas dicas para quem deseja criar um negócio de alto impacto


Por Paula Isis/SIMI Belo Horizonte
Júlia Mendes, coordenadora regional da Endeavor em Minas Gerais, deu dicas para quem quer criar negócios de alto impacto
Crédito: Paula Isis/SIMI

Com o objetivo de transformar ideias em negócios e impactar a comunidade empreendedora de Juiz de Fora e região, o Sebrae realizou o Sebrae Exchange, nos dias 18 e 19 de setembro. Focada em micro e pequenas empresas, a instituição preparou palestras e workshops para empoderar os empresários locais, reunindo startups para a criação de oportunidades, geração de conteúdo, colaboração e compartilhamento de ideias.

Na abertura do evento, a coordenadora regional da Endeavor em Minas Gerais, Júlia Mendes, subiu ao palco para explicar as atuações da instituição e a importância de gerar negócios de impacto.

Para Júlia, mais do que gerar um negócio é preciso impactar a comunidade, “O que a gente mais precisa no Brasil é de empreendedores que cresçam e multipliquem e que compartilhem ideias.” Ela também acredita que os empresários precisam investir mais em outros empreendedores. “Isso é devolver para o ecossistema o que você aprendeu”, destaca.

Júlia também falou sobre a importância das empresas se conectarem umas às outras e, consequentemente, se ajudarem. “As empresas tradicionais precisam olhar para as empresas do século XXI e aprender com elas. Essa conexão permite que o empresário aprenda mais rápido e mude seu modelo de negócio.”

Para quem deseja abrir um negócio de alto impacto, Julia dá algumas dicas:

- Comece por onde você conhece.  

- Prepare-se. “Busque orientação e capacitação para o seu negócio ajuda a ter menos dores.”

- Paixão e resiliência: “o caminho não é fácil. É preciso ser apaixonado com o que você está buscando resolver. Superar os desafios do dia a dia não é nada fácil. Não tem nada de glamouroso em empreender”.

- Pense se o seu negócio vai resolver o problema de muita gente.

- Faça melhor que os seus concorrentes. “Qual a novidade? No que você é melhor? Pense nessas questões.”

- Time forte e complementar: “O olho do gordo é que engorda sim o gado - desde que o gado seja pequeno. Você vai precisar de outras habilidades".

“Copiar pode ser a maior inovação.” O Spoleto se inpirou no Chipotle, uma lanchonete de comida mexicana com sede nos Estado Unidos. Segundo Júlia, o Spoleto foi criado na mesma lógica da escolha de ingredientes. Copiou a ideia, mas aplicou em outro segmento, no caso, o de massas.

Além da palestra da coordenadora da Endeavor, o publicou conferiu a apresentação sobre “empreendedorismo, inovação e tecnologia", com Andrea Iorio, diretor de Comunicação e Marketing do Tinder; “Captação de recursos para inovação – Sebrae e BDMG”, na qual foi apresentada a Trilha Mineira de Inovação e como ela pode ajudar o empreendedor a consolidar o seu negócio; e “Desenvolvimento de clientes - Customer Development com Bernard De Luna, cofundador da lBunee.io.

Logo mais, o público vai conferir o Demoday do Sebrae com startups locais e também a edição da Finit Tour em Juiz de Fora. Para saber mais, acompanhe o SIMI pelo Facebook e Instagram.

#aceleradora#startups#juizdefora#sebraemg#sebraeexchangeFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.