Notícias

< voltar
23/Fev/2017 - 16:32 - Atualizado em 20/Mar/2017 - 16:12

200 presos da RMBH serão capacitados pelo Pronatec

Detentos receberão formação tecnóloga, entre elas a de programador web


Por Redação Belo Horizonte

Uma iniciativa do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), em parceria com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) iniciou no ultimo dia 21/2 os cursos de Assistente Administrativo e Programador de Web para 198 detentos de unidades prisionais da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Os cursos serão realizados nas escolas do Complexo Penitenciário Nelson Hungria (Contagem), do Presídio Feminino José Abranches e do Presídio Antônio Dutra Ladeira (ambos em Ribeirão das Neves), do Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto (BH) e nas três unidades do Complexo Penitenciário Público Privado (Ribeirão das Neves).

Entre os cursos está o de programador web. Os presos necessitam do ensino fundamental completo e de conhecimento em informática. Entre as atribuições, eles terão a oportunidade de desenvolver e manter projetos para a web; utilizar linguagens de programação, banco de dados e recursos para a segurança da informação. E também vão trabalhar com recursos de imagens, vídeos, animações, linguagens de marcação e folha de estilo para desenvolvimento web.

Esforços do Governo

O subsecretario de Ensino Superior Márcio Portes deu boas-vindas às alunas, além de pontuar a importância dos esforços das mulheres privadas de liberdade nesse processo de capacitação e destacou a iniciativa do Governo em concretizar ações como esta: “É uma conjugação de esforços e de pessoas querendo fazer. É um curso de qualificação profissional, para que eles aprendam a trabalhar com algo que - quando voltarem à sociedade - possam se inserir com mais facilidade no mercado, seja em empresas seja como autônomos. Eles vão poder dizer que aprenderam e que têm uma profissão”, disse Portes.

Esperança

Débora Ruth, de 21 anos, é uma das alunas do curso. A felicidade dela deixa clara a importância que a capacitação vai proporcionar. “Estou muito entusiasmada e espero sair com o certificado na mão. É uma oportunidade que eles estão oferecendo pra gente e que está sendo uma porta escancarada. Gostaríamos de agradecer a todos por este novo começo”, afirmou em entrevista para a Agência Minas.

#capacitação#SEDECTES#MinasDigital#pronatecFavoritar

Fonte: Agência Minas

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.