Notícias

< voltar
14/Out/2016 - 12:08 - Atualizado em 10/Mai/2018 - 16:29

Acordo vai aproximar startups de Brasil e Hungria

Países desenham acordo de cooperação para aproximar seus ecossistemas


Por Redação
Crédito: Reprodução/Stanford.edu

O ecossistema das startups brasileiras e húngaras poderão estar mais próximos a partir do próximo ano. O presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Guto Ferreira, e o embaixador da Hungria no Brasil, Norbert Konkoly, se reuniram para discutir a elaboração de um termo de cooperação entre a agência e a Casa de Comércio da Hungria visando à troca de informações e experiências entre as startups dos dois países.

Durante o encontro, na última quinta quarta-feira (28), Guto Ferreira sinalizou a disposição da ABDI em promover a aproximação entre os dois países. “A Hungria tem um mercado bastante criativo, com startups em franco crescimento. Uma cooperação bilateral contribuirá significativamente com a geração de conhecimento e de valor”, ressaltou o presidente, ao citar a Prezi, uma startup húngara de criação de apresentações na nuvem que está em 14º lugar no ranking mundial de Startups, de acordo com o site Startup Ranking.

O embaixador Norbert Konkoly sugeriu que o termo de cooperação entre os países seja incluído na pauta da próxima reunião da Comissão Mista Econômica Bilateral Brasil-Hungria, no próximo ano. “Este será um dos temas da nossa pauta. A aproximação com o Brasil nesse tema das startups será muito oportuna para o nosso país”, declarou o diplomata.

*Com informações da ABDI e da Agência Gestão CT&I

#tecnologia#startup#brasil#hungria#ABDIFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.