Notícias

< voltar
12/Jul/2018 - 13:59 - Atualizado em 13/Jul/2018 - 11:40

BH ganha novo espaço de trabalhos compartilhados

Capital mineira agora tem espaço para áreas de engenharia, arquitetura e consultoria


Por Redação Belo Horizonte/MG
Crédito: Pixabay

A economia colaborativa é uma tendência crescente no mercado mundial. É por isso que os escritórios compartilhados e coworkings vêm ganhando terreno e atraído um número cada vez maior de empreendedores e marcas. Estes espaços já são realidade principalmente nas grandes cidades e capitais brasileiras, incluindo Belo Horizonte. Segundo o Censo Coworking Brasil, atualmente a capital mineira tem 47 empreendimentos e um crescimento de 90% entre 2016 e 2017. É nesse cenário que o Canopus Office & Coworking inaugura seu espaço.

O novo espaço surge para atender à demanda de empresas de engenharia, arquitetura e consultoria, que buscam otimizar tempo, espaço e recursos, explica o diretor do empreendimento, Paulo Costa. “Escolhemos focar nessa área em função da minha experiência de anos no segmento. Nosso objetivo é promover a sinergia entre empresas que falem a mesma língua, para que se fortaleçam juntas e virem referência no mercado da capital. Apesar disso, não nos fechamos para empresas de outros ramos”, diz.

Paulo acredita que a economia colaborativa é muito vantajosa para as empresas e um caminho sem volta. ”Os hábitos mudaram, assim como a forma de consumir. É natural que o modo de fazer negócio também se modifique. Nesse caso, foi para melhor.”

Segundo dados disponibilizados por um relatório da Mastercard, até 2022 o modelo de economia compartilhada será responsável pelo surgimento de centenas de novas empresas no mundo e pela geração de uma receita anual de US$ 3,5 bilhões para os usuários, número que deve crescer 25% ao ano.

Quer saber a lista completas dos coworkings de BH? Clique aqui e confira.

#coworking#canopusoffice#espaçoscompartilhados#economiacolaborativaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.