Notícias

< voltar
13/Nov/2018 - 16:00 - Atualizado em 13/Nov/2018 - 16:33

Capacitar e ajudar empresas a encontrar os funcionários certos

Metodologia desenvolvida pela Inventos Digitais se transforma em livro e ensina como capacitar pessoas em diversas áreas do conhecimento


Por Alysson Lisboa
Miguel Fernandes, da Inventos Digitais: "Larguei minha carreira de programador para me dedicar a entender as startups"
Crédito: Divulgação

Miguel Fernandes é formado em engenharia da computação e trabalhou por  10 anos como programador de sistemas no mercado financeiro, em empresas como Gavea Investimentos, Banco JP Morgan, em Nova Iorque, entre outras. Mas ele largou tudo e foi estudar sociologia. A mudança despertou nele a paixão pelo modo como as startups organizam o trabalho. Depois de cinco anos, ele acabou fundamdo a  Inventos Digitais.

O objetivo da empresa é formar profissionais para trabalhar com startups. O serviço funciona basicamente com a procura de um empreendedor com vontade de inovar. "A gente avalia com ele o produto que ele quer criar, dimensiona o time, faz recrutamento, seleção e treina a equipe enquanto desenvolve o produto", afirma Miguel.

Como é um mercado muito novo e a insegurança é latente, a empresa ataca esse problema: coloca os alunos em contato com o empreendedor, que pode vir a contratar esses profissionais.

Por trás disso tudo, existe uma metodologia de trabalho que vem sendo lapidada nos últimos anos. Miguel Fernandes se orgulha de já ter criado dezenas de startups de sucesso nesse formato, empresas de ensino adaptativo, empréstimo online, venda direta, educação básica, contabilidade, automação, inteligência artificial, redes sociais, apostas, política, entre outros.

O sucesso da metodologia é tão grande que o empresário resolveu lançar o livro Inventos Digitais, que fala do processo de trabalho, além de reunir técnicas para a criação de novos produtos e serviços digitais.  

Para saber mais, acesse: www.inventosdigitais.com.br.

#recrutamento##biostartuplab#inventosFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.