Notícias

< voltar
08/Set/2016 - 00:00

Cientistas criam Wi-Fi mais rápido e com maior alcance

Solução, que aumentou em 330% a velocidade em testes, pode aliviar o funcionamento de redes sem fio em grandes eventos ou locais com muita circulação


Por Redação
Em testes, a velocidade de transferência de dados foi de 330% a mais que o Wi-Fi tradicional.
Crédito: Pixabay

A era da velocidade baixa da internet em Wi-Fi de locais públicos pode estar chegando ao fim, é o que indicam testes de cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Eles desenvolveram um dispositivo que pode aliviar o tráfego da rede, chamado de MegaMIMO 2.0. Com relação às redes sem fio tradicionais, o novo sistema transfere dados via Wi-Fi com uma velocidade três vezes maior e com o dobro de alcance de sinal.

Em testes o sistema foi capaz de aumentar a velocidade de transferência de dados de quatro laptops conectados à mesma rede sem fio em 330%, segundo o MIT. Os pesquisadores acreditam, também, que a tecnologia poderá ser aplicada em redes de telefonia móvel.

Para conseguir isso, os cientistas basearam o MegaMIMO 2.0 em uma tecnologia utilizada pela maioria dos dispositivos sem fio: o MIMO, que permite que os aparelhos recebam sinais de vários transmissores. No entanto, o sistema gera congestionamentos na rede, e por isso, foi atualizado. Na nova versão, a tecnologia coordena múltiplos pontos de acesso, ao mesmo tempo, com cada transferência de dados na mesma frequência. Essa alternativa não cria interferência, evitando a diminuição da velocidade.

O problema gerado pela tecnologia atual é chamado, pela indústria, de “crise de espectro”, que funciona da seguinte forma: quanto mais aparelhos conectados à rede sem fio, menor é o espaço compartilhado por eles nas redes. A consequência disso é uma velocidade mais baixa. “Todo os pontos de acesso devem trabalhar uns com os outros ao mesmo tempo para o uso eficiente do espectro disponível”, disse, em um comunicado, o pesquisador Ezzeldin Hamed.

#MIT#tecnologia#internet#informática#WiFI#wirelessFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.