Notícias

< voltar
20/Dez/2016 - 10:00 - Atualizado em 20/Dez/2016 - 12:28

Clube de Santa Catarina diz ser a primeira startup do futebol brasileiro

Clube Atlético Tubarão tem parceria com a Unisul e também desenvolve projetos relacionados ao esporte


Por Redação

Um clube do interior de Santa Catarina afirma ser a primeira startup-time de futebol do Brasil. No Clube Atlético Tubarão, alunos e professores universitários se reúnem com dirigentes para pensar em novos negócios voltados ao futebol.

Segundo o presidente do clube, Luiz Henrique Martins Ribeiro, a equipe se considera uma startup, pois investe em ações além da gestão, mas também em aplicativos de governança corporativa, novas tecnologias e negócios.

A startup da equipe fez uma parceria com a Unisul, universidade da cidade, e atraiu professores e alunos. "O clube está com outras empresas de startup no parque tecnológico da Unisul. A gente tem ao nosso lado a empresa de novos negócios que a universidade fomenta", disse Ribeiro à ESPN. A contrapartida da faculdade é que o clube crie espaço para os acadêmicos atuarem.

Alguns dos motivos que justificam o fato de o Tubarão ser uma startup, segundo o dirigente, são:

  • Desenvolvimento de um suplemento alimentar específico para jogadores de futebol
  • Desenvolvimento de um aplicativo de governança chamado Kemare, que já está em fase de validação e testes, e que será como um portal de transparência
  • Planejamento de criação de um laboratório de inteligência do futebol com um banco de dados, com informações dos jovens talentos do Sul
  • Planejamento de criação de um laboratório de biomecânica do esporte em Palhoça

As ambições do clube são várias, como ter um estádio para sete mil pessoas nos padrões americanos. Além disso, pretende ter uma “loja virada para dentro do estádio, um ambiente exclusivo para comprar cerveja. Uma loja de container que se move dentro do campo quando é dia de jogo estará no estádio, mas nos outros dias ela estará em partes da cidade, como shoppings. Essas ideias são de uma empresa relacionada com inovação e tecnologia", explicou Ribeiro.

Colombiano Renteria é um dos jogadores que vestirão a camisa do Tubarão em 2017
Crédito: C.A Tubarão

O Tubarão espera chegar na série B do Campeonato Brasileiro em até 10 anos e quer ser o ‘lugar mais legal para ver um jogo de futebol no Brasil”. Atualmente, a equipe faz parte da primeira divisão do Campeonato Catarinense.

#startup#Tubarão#Futebol#esporte#UnisulFavoritar

Fonte: ESPN

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.