Notícias

< voltar
11/Mar/2019 - 09:00 - Atualizado em 11/Mar/2019 - 11:04

Concurso de Universidade Federal dá pontos extras para professoras com filhos

Medida, que é a primeira do país deste tipo, busca diminuir as desvantagens de mulheres que diminuíram produção acadêmica devido a licença-maternidade


Por Redação Belo Horizonte/MG

Um edital publicado recentemente pela a Universidade Federal Fluminense (UFF) inclui um mecanismo inédito para equilibrar a concorrência entre homens e mulheres na disputa por bolsas de iniciação científica.

Nesse concurso, as professoras que tiveram filhos nos últimos dois anos terão um acréscimo de cinco pontos - caso não atinjam a pontuação máxima - para compensar o tempo de licença-maternidade em que ficaram sem produção acadêmica. Além das mães, pais que adotam crianças e também casais homoafetivos que tirem licença para cuidar dos filhos também terão direito à pontuação extra.

O concurso faz parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) e seleciona alunos de graduação para ganhar a bolsa. Entre os critérios de pontuação está a produção acadêmica. Quanto mais artigos publicados em revistas científicas, maior a pontuação.

A inclusão do mecanismo foi uma demanda do grupo Mulheres da Ciência, instituído em agosto de 2018 e vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação da UFF. O grupo discute apoio para pesquisadoras que são mães e busca a igualdade de gênero entre os acadêmicos.

#pesquisa#ciência#mulheres#igualdade#bolsasFavoritar

Fonte: O Globo

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.