Notícias

< voltar
20/Set/2018 - 13:24 - Atualizado em 20/Set/2018 - 16:09

Conheça as startups que se destacaram na BIO Latin America Conference 2018

Evento apresentou soluções inovadoras na área de ciências da vida


Por Redação Belo Horizonte/MG
Evento foi realizado de 4 a 5 de setembro, em São Paulo
Crédito: Biominas Brasil/Facebook

Realizada no início de setembro, a BIO Latin America Conference contou com diversas atividades que geraram impacto na indústria de ciências da vida no continente latino-americano. Entre elas, duas competições de startups que reuniram soluções inovadoras que prometem impactar o mercado nos próximos anos.

No Demoday do programa de pré-aceleração BioStartup Lab, o terceiro lugar ficou com a Signal, uma startup que desenvolve compostos seletivos para o tratamento de doenças mentais. Fruto de um projeto da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da USP, a Signal trabalha no desenvolvimento de moléculas com atividades diferenciadas, conhecidas como seletividade funcional. Seria como se a molécula conseguisse interagir com proteínas da célula, ao invés de bloqueá-las, e, assim, manter as boas atividades e eliminar as ruins.

A segunda colocação foi para a In Situ Terapia Celular, que produz biomembranas contendo células-tronco para o tratamento de úlceras crônicas e queimaduras severas de pele. A solução apresenta resultados como a melhora do processo cicatricial, diminuição do tempo de cicatrização, melhora da dor e da aparência da cicatriz, além de diminuir os períodos de tratamento e internação.

A primeira colocada foi a startup Pro-Therapeutics, que utiliza medicina personalizada e informações genéticas do paciente para propor o tratamento mais adequado para o câncer de mama. A equipe desenvolveu um exame que, a partir das alterações da paciente, passa para o oncologista o fármaco mais indicado para o tratamento. A ideia é minimizar efeitos adversos, aumentar a eficiência e diminuir o tempo e o custo terapêutico. Como parte da premiação, a Pro-Therapeutics será acelerada pela Biominas Brasil.

Já na competição Startup Stadium, o destaque ficou com a Biosolvit, que desenvolve produtos destinados à absorção de qualquer derivado do petróleo em terra ou no mar. A solução visa reduzir problemas ambientais e ainda permite o reaproveitamento do material absorvido, o que pode proporcionar ganhos adicionais aos seus clientes. Como parte do prêmio, a Biosolvit ganhou uma entrada gratuita para a BIO International Convention 2019, que será realizada nos EUA.

Para conhecer melhor a BIO Latin America Conference acesse o site da conferência. A BIO e a Biominas devem anunciar, em breve, a data e o local da BIO Latin America 2019.

#inovação#tecnologia#Biostartuplab#startups#BioLatinAmericaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.