Notícias

< voltar
12/Nov/2016 - 15:10 - Atualizado em 10/Mai/2018 - 15:48

Criatividade é uma habilidade que deve ser desenvolvida diariamente

Palestrantes da Campus Party Minas Gerais dão dicas de como se tornar mais criativo


Por Renato Carvalho/SIMI
Leonardo Leitão, diretor de negócios e projetos especiais na Leme Digital
Crédito: Una 360

Para inovar é preciso criatividade. Como conseguir ter boas ideias? Não é um trabalho fácil, mas essa habilidade pode ser desenvolvida. Basta ter persistência e mudar alguns hábitos, conforme foi apresentado em duas palestras na Campus Party Minas Gerais.

Leonardo Leitão, em “50 minutos para te deixar mais criativo” e Alessandra Rosa, em “Criatividade como ferramenta de inovação”, deram dicas sobre como direcionar sua criatividade para o desenvolvimento de negócios.

Leonardo destacou que a falta de inspiração pode ser contornada com trabalho, pois ela aparecerá eventualmente, desde que você esteja envolvido em algo que te desafie. “Tenha muitas ideias, conecte-se com pessoas e acompanhe as mudanças que acontecem no mundo”, disse.

Já Alessandra apontou que criatividade é combinar conhecimentos de diferentes áreas. “Quanto mais conhecimento você tiver, maior abrangência de conteúdo você terá e maiores serão as possibilidades de combinação de conhecimentos”, explicou.

A combinação pode contribuir para uma ideia criativa de serviços ou produtos. Ela disse, ainda, que é possível treinar sua criatividade desde que diariamente haja empenho em “rabiscar” alguma ideia.

Por fim, ela alertou que as pessoas precisam perder o medo de serem julgadas, de mostrar suas ideias. “Temos ideias loucas, mas raramente levamos a frente. Esses medos nos fazem ser conservadores”,  disse. Para ela, a escola é a grande responsável por limitar nossa criatividade.

#empreendedorismo#inovação#CPUAI#CPMGFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.