Notícias

< voltar
25/Fev/2019 - 10:39 - Atualizado em 25/Fev/2019 - 14:05

Ed Tech Conference: empresas mineiras apresentam soluções para a educação

Promovido pela StartSe, evento teve como foco o papel das escolas em uma realidade na qual a informação está na internet


Por Redação Belo Horizonte/MG

Na última semana, a StartSe realizou um evento focado em educação. A Ed Tech Conference teve como tema a educação 3.0 e o papel das escolas em uma realidade na qual a informação está na internet. O evento, realizado em São Paulo, mas transmitindo pela plataforma da StartSe, contou com a participação de algumas startups e empresas mineiras.

Um dos participantes foi Matheus Goyas, fundador da AppProva, plataforma de testes e diagnósticos para alunos, escolas e instituições de ensino superior. Durante a conferência, ele passou cinco aprendizados que empreendedores do setor de educação devem se atentar.

Segundo ele, é preciso ter a capacidade de errar e aprender com o erro. Conquistar boas parcerias é essencial para o desenvolvimento do negócio. Outra dica é ter o foco do negócio nas pessoas - nos clientes e também nos talentos da própria empresa.

Goyas destacou, ainda, que para tomar qualquer decisão é importante analisar o máximo de informações sobre a empresa. "É preciso entender o que o usuário faz, quando faz, como ele usa a solução e por quanto tempo", explicou. Por fim, é preciso entender o contexto em que se encontra a empresa. Na educação há diversas camadas, como professores, escolas, universidades e terceiro setor, logo, é preciso trabalhar em conjunto com essas camadas.

Matheus Goyas deu dicas durante sua participação no evento
Crédito: StartSe

A Aceleradora de Carreiras, de Sete Lagoas, que desenvolveu soluções de carreira e empregabilidade para o setor de educação superior, também participou da Ed Tech Conference. A empresa criou uma plataforma que impacta diretamente o estudante e a instituição de ensino superior: para o aluno é uma ferramenta de autogestão de carreira, com testes comportamentais, que prepara o estudante para o futuro do trabalho; para as faculdades é um dashboard da empregabilidade do estudante, que funciona como um poderoso instrumento de diferenciação para captação e retenção de alunos.

De Varginha, a startup Cresça Mais também ganhou espaço no evento. A empresa é dedicada à educação corporativa e conta com cursos ágeis e de fácil entendimento, disponibilizados de forma digital.

Outra mineira presente no evento foi a Kroton, empresa privada do ramo da educação. Durante o Ed Tech, em seu estande, foram apresentadas iniciativas para a digitalização e aprimoramento das metodologias educacionais.

#empreendedorismo#educação#negóciosFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.