Notícias

< voltar
13/Dez/2017 - 00:00 - Atualizado em 13/Dez/2017 - 17:44

Educação empreendedora inspira vida de adolescentes do Meu Primeiro Negócio

Cerca de 750 alunos da rede estadual de ensino participaram da formatura que marca o início da carreira empreendedora


Por Paula Isis/SIMI
Crédito: Gabriel Maciel/Sedectes

Uma noite que ficará para sempre marcada na vida dos estudantes que participaram da primeira edição do Meu Primeiro Negócio. Assim foi a formatura dos 750 estudantes alunos da rede estadual de ensino de BH e Região Metropolitana que compareceram ao Minascentro, em Belo Horizonte, para encerrar o programa e dar início à  carreira empreendedora.

Após 12 semanas de aprendizado, os estudantes participaram da comemoração, que contou também com professores, diretores, familiares e amigos que lotaram o teatro principal, marcando o encerramento do primeiro ciclo dessa iniciativa pioneira no país.

“Aprendi que ter uma empresa é algo complexo, mas que também pode ser muito legal. Pude aperfeiçoar as relações pessoais e desenvolvê-las para o ambiente escolar e profissional. Valeu muito a pena participar desse projeto. Agora tenho vontade de ser uma microempreendedora”, afirma a estudante Maria Eduarda, de 17 anos, da Escola Estadual Governador Milton Campos (Estadual Central).

Em todo o estado, o projeto envolveu 120 escolas públicas distribuídas em 70 cidades mineiras. Nesta primeira edição, quase três mil alunos participaram do programa e cerca de 200 voluntários foram mobilizados para contribuir no desenvolvimento dos jovens.

Para a coordenadora do programa, Jéssica Rangel, o programa é uma ótima oportunidade para que os adolescentes desenvolvam o espírito empreendedor, além de proporcionar a eles uma experiência transformadora.

Para a formatura de BH e região, participaram 47 escolas, 47 professores, 736 estudantes e 83 voluntários das cidades de Brumadinho, Caeté, Contagem, Ibirité, Juatuba, Mateus Leme, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, São José da Lapa, Vespasiano e Itaúna.


12 semanas de imersão no mundo dos negócios

Promover a cultura empreendedora entre alunos do ensino médio de escolas públicas estaduais, por meio da organização e operacionalização de empresas estudantis. Esse é o objetivo do Meu Primeiro Negócio que proporciona, ao longo de 12 semanas, aprendizados sobre conceitos de mercado, comercialização e livre iniciativa. O estudantes são acompanhados por profissionais das áreas de marketing, finanças, recursos humanos e produção. Como resultado, os jovens são imersos em uma jornada de educação empreendedora do começo ao fim do programa, tendo, assim, a oportunidade de ingressar no ensino superior e no mercado de trabalho com mais capacitação.

Para as próximas edições, o programa prevê beneficiar cerca de 20 mil alunos de 650 escolas mineiras, contando com mais de dois mil voluntários até 2018. E se você quer participar do programa, o edital da segunda edição já está aberto. Clique aqui e confira. 

Crédito: Gabriel Maciel/Sedectes

Confira a cobertura especial da TVSIMI: 

#MeuPrimeiroNegócio#educaçãoempreendedora#miniempresas#redeestadualFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.