Notícias

< voltar
08/Jun/2018 - 00:00 - Atualizado em 08/Jun/2018 - 14:59

Empreendedorismo no setor público é tema de evento na CAMG

Comunidade SimplificAção organizou Roda de Conversa para debater o conceito de empreendedorismo no setor público


Por Paula Isis/SIMI Belo Horizonte/MG
Crédito: Paula Isis/Simi

Mais de 100 servidores (as) do Governo de Minas Gerais se reuniram nesta quinta-feira, 7 de junho, na Cidade Administrativa de Minas Gerais, a fim de discutir o conceito de empreendedorismo no setor público, suas principais características e os possíveis caminhos para o servidor que deseja inovar e empreender no governo.

Quem abriu a roda de conversa foi a diretora regional da Elogroup, Lays Lobato. À frente da Gov.Lab- escola de empreendedorismo em Governo, ela destacou a importância de se inovar no setor público, além de discutir sobre a necessidade de fazer parcerias com o setor privado e o terceiro setor para que os projetos do Estado ganhem força e sejam de fato executados.

“Nós, no Governo, temos como objetivo trazer melhorias para o Brasil e para isso precisamos contar com parceiros que acreditam na iniciativa pública. Então é preciso fazer conexão com empresas, mas também com a sociedade”, ressaltou.

Lays acredita que um dos problemas de se empreender no setor público é que, muitas vezes, ficamos presos no número de projeto que precisam ser executados. “O que realmente importa é saber quantas pessoas serão impactadas por estes projetos e não o número deles em si”.Ela também falou sobre a importância de realizar projetos com o  “que dá pra fazer” naquele momento.

“Precisamos criar uma ponte para solucionar um determinado problema. Mas a ponte de ferro é muito cara e requer uma tecnologia específica. Então não vamos fazer a ponte? Vamos, mas vamos construir uma de madeira para resolver o problema naquele momento e depois focamos no projeto da ponte de ferro”, exemplificou.

Além da palestra, o público conferiu a apresentação de duas ideias e duas iniciativas que venceram o Prêmio Inova. Campeã da última edição e já implementada no Governo, a iniciativa “Otimização de Compras Públicas: Criação de um Banco de Preços com Integração dos Dados da Nota Fiscal Eletrônica de Minas Gerais” foi apresentada pelos servidores da Secretaria da Fazenda Gabriel Nepomuceno e Pedro Campos.

O público também pode conhecer um pouco mais sobre as ações empreendedoras realizadas na Feira de Agricultura Familiar e Urbana da Cidade Administrativa - Do Campo pra CA! e sobre o funcionamento da Busca Ativa de Emprego - SINE. Ao final do evento, os servidores interagiram com os palestrantes.

Para saber mais sobre a comunidade empreendedores de servidores SimplificAção, clique aqui.  

#empreendedorismo#premioinova#rodadeconversaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.