Notícias

< voltar
14/Set/2017 - 15:32 - Atualizado em 18/Mai/2018 - 11:23

Empresas juniores se destacam no Triângulo Mineiro

UFU e UFTM projetam crescimento de adeptos na modalidade


Por Franco Serrano/SIMI

Após a recente regulamentação das empresas juniores no Brasil, a região do Triângulo Mineiro segue esperançosa com a criação de novos negócios a partir deste modelo. A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e a Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) já contabilizam altas nos registros de empresas juniores.

Segundo a divulgação da UFU, nos primeiros seis meses do ano, o número de empresas subiu 11,5% em relação período em 2016, segundo dados do Núcleo de Empreendedorismo Júnior da universidade.

Em Uberaba, na UFTM, o Centri, Núcleo das Empresas Juniores da universidade está com 14 empresas, onde estão mais de 250 empreendedores, que já movimentaram quase R$ 30 mil  só no primeiro semestre deste ano, registrando um crescimento de 23%.

Empresas juniores

A situação econômica que o país atravessa pede novas soluções, novos produtos e novas ações. Desta forma, empresas juniores podem trazer inovação a uma série de projetos, agregando maior produtividade e melhores resultados.

Para conhecer mais sobre produtos e serviços oferecidos pelas EJs da UFU, acesse este link.

#nej#empresajunior#UFTM#UFUFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.