Notícias

< voltar
29/Jun/2017 - 14:33 - Atualizado em 17/Dez/2018 - 11:47

Evento do Minas Digital agita campus Itabira da Unifei

Evento reuniu alunos, empresários e autoridades que trocaram experiências sobre o ambiente de ciência, tecnologia e inovação no Estado


Por Redação
O secretario de Estado, Miguel Corrêa, durante encontro na Fundação Cultura Carlos Drummond de Andrade, em Itabira
Crédito: Gabriel Maciel/Sedectes

Mais de 500 pessoas se reuniram ontem, 28 de junho, no campus Itabira da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) e na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade para conhecer o Minas Digital, um programa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes).

Entre os participantes, estavam alunos de cursos técnicos, comunidade da região do baixo Piracicaba, gestores públicos, autoridades, vereadores da cidade de Itabira e prefeitos. Durante o evento, eles tiveram a oportunidade de trocar experiência sobre o ambiente mineiro de ciência, tecnologia e inovação.

O Minas Digital foi criado com intuito de articular o ecossistema de inovação de Minas Gerais, gerando crescimento econômico por meio da tecnologia, do empreendedorismo e da economia digital e criativa. O programa visa unir ações de incentivo no Estado, conforme as necessidades e vocações das regiões mineiras.

Atualmente, Minas Gerais se desponta como polo tecnológico e de inovação no país, além de ser o segundo estado com maior número de empresas de TI e biotecnologia. Minas reúne também o segundo maior ecossistema de startups do Brasil, com cerca de 360; abriga o San Pedro Valley, polo de empreendedorismo que é referência para negócios de base tecnológica no país; é o maior estado em número de universidades públicas (11 federais e 2 estaduais); tem seis parques tecnológicos; e renomadas instituições de tecnologia têm sede no estado, como Google, IBM, GE, entre outras.

 

#ecossistema#unifei#ItabiraFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.