Notícias

< voltar
18/Set/2017 - 12:42 - Atualizado em 18/Set/2017 - 14:03

FAZ Makerspace oferece oficina de coworking aberta ao público

Localizado em BH, o espaço maker ajuda pessoas comuns e profissionais a colocarem a mão na massa


Por Redação
O FAZ é uma oficina de trabalho compartilhada voltada a todos os tipos de ‘fazedores’, ou makers, e oferece diversas soluções para construção de peças e produtos
Crédito: Divulgação

Dar vida a projetos em uma oficina de marcenaria ou de serralheria, com componentes de eletrônica e até impressão 3D pode parecer, inicialmente, inviável para um leigo, mas no FAZ Makerspace não é. Localizado na capital mineira, o espaço maker ajuda pessoas comuns - e profissionais - a colocarem as mãos na massa. Com um nome que faz alusão à proposta, o FAZ é uma oficina de trabalho compartilhada voltada a todos os tipos de ‘fazedores’, ou makers, e oferece diversas soluções para construção de peças e produtos.

O espaço colaborativo, de troca de conhecimento entre makers de diferentes áreas de atuação, estimula a criatividade e a inovação nos projetos. “Nos últimos anos, o conceito de Fab Lab se popularizou no Brasil. Nosso principal diferencial é a facilidade no acesso e a independência de uma instituição ou empresa. Para usar nossa oficina, basta fazer uma reserva de horário”, conta Carlos Ribeiro, fundador do FAZ Makerspace.

Localizado em uma casa de mais de 300 m2 no Bairro Funcionários, o FAZ Makerspace tem equipamentos de impressão 3D, corte a laser, fresa CNC, prensa térmica para estamparia de camisetas e placas, termoformagem a vácuo, plotter de recorte, dobra de acrílico, bancada de eletrônica e uma diversidade de ferramentas manuais.

Formado em engenharia eletrônica, Ênio Xisto consolidou sua carreira trabalhando em empresas na área de telecomunicações. Há um ano, quando o FAZ foi inaugurado, ele usou o espaço pela primeira vez para fazer uma mesa de madeira para o aniversário de seu filho. O móvel chamou a atenção e Ênio decidiu voltar, dessa vez, para fabricar uma mesa de picnic. “Um tempo depois saí da empresa em que trabalhava. Eu, que nunca havia pensado em trabalhar com marcenaria, comecei a ver uma possibilidade de negócio na fabricação de móveis”, conta Ênio. Atualmente, ele se prepara para abrir a Grife de Móveis, uma empresa de mobiliário em madeira com peças encaixáveis.

O espaço pode ser reservado por hora, por diária ou por mês, e, junto do uso dos maquinários, oferece acompanhamento de monitores especializados para a operação dos equipamentos e auxílio nos projetos a serem desenvolvidos. Os produtos podem ser fabricados a partir de projetos próprios dos clientes, de bancos de projetos com direitos autorais livres ou customizados a partir de modelos com código aberto. O cliente pode levar os materiais que vai usar ou adquirir, a preços justos, no próprio espaço, que conta com estoque de chapas de madeira e MDF, filamentos para impressão 3D, retalhos de acrílico, plástico para termoformagem e muito mais.

#oportunidade#bh#coworking#maker#belorhorizonte#makers#oficina#oficinamakerFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.