Notícias

< voltar
29/Mar/2018 - 08:00 - Atualizado em 02/Abr/2018 - 10:52

Fintech mineira prevê faturamento de R$ 500 milhões em 2018

Monetus espera expansão de 500% e 100 mil usuários na plataforma


Por Redação
Daniel Calonge, Ceo da Monetus
Crédito: Divulgação

A solução inteligente que surgiu para as pessoas que querem aplicar dinheiro no mercado financeiro com retorno mais eficiente e acessível deve crescer 500% em 2018. Pelo menos essa é a meta do CEO da Monetus, Daniel Calonge, que espera encerrar o ano com 100 mil usuários na plataforma e faturamento de R$ 500 milhões. De onde vem este otimismo? Dos resultados já positivos da empresa, que  somente nos meses de janeiro e fevereiro de 2018 conquistou mais de 7 mil clientes, o que representa um crescimento médio mensal de 23%.

O crescimento, segundo ele, não virá da expansões físicas e nem de volumosos investimentos em comercial, mas do crescimento natural da plataforma. A startup também irá investir na equipe para suportar o crescimento. “A ideia é praticamente dobrar o número de colaboradores. Mas a Monetus tem uma característica muito interessante, que é a atração de clientes pelos próprios clientes: 45% dos nossos usuários vieram da indicação de outros usuários”, comemora.

Para o empreendedor, a aposta está no diferencial que a empresa oferece. “Dinheiro é um assunto que não costuma ser um tema agradável entre as pessoas porque ele está associado à falta e à tristeza de não poder fazer algo. Na Monetus isso se inverte porque as pessoas traçam objetivos e conseguem alcançá-los: 78% dos nossos clientes estão com mais retorno dos seus investimentos do que estavam antes de investir na Monetus e, por isso, vão conseguir conquistar seus sonhos”, diz.

O CEO afirma que essa conquista de sonhos por meio do investimento é um dos principais valores que a startup oferece. Mas entre seus principais diferenciais está a oferta disso a qualquer pessoa que esteja disposta a investir a partir de R$ 100.

Para investir por meio da Monetus é muito simples. O cliente precisar acessar o site da empresa, realizar seu cadastro, responder algumas perguntas para a criação do seu perfil de investidor, criar seu objetivo - como compra da casa própria, compra de um automóvel ou garantia de determinada renda após aposentadoria - e, por fim, criar sua conta na Monetus. Para fazer o primeiro investimento, o usuário precisa  transferir o valor desejado para uma das corretoras parceiras da startup.

Em seguida, a partir da análise do perfil do investidor e do seu objetivo, a startup vai providenciar o investimento do aporte, que poderá ser em títulos público e privado ou em renda variável através de investimentos em ações do Brasil e no exterior.

E de onde vem a renda da Monetus? A startup fica com 0,6% ao ano sobre o total investido, taxa que, segundo o CEO, chega a ser até cinco vezes menor do que taxas praticadas em bancos tradicionais. Ao mesmo tempo, a startup oferece alta rentabilidade. “A taxa de retorno médio da Monetus é de 19,94%, o que é três vezes maior que poupança”, afirma.

#dinheiro#investimentoFavoritar

Fonte: Diário do Comércio

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.