Notícias

< voltar
09/Jan/2019 - 15:00 - Atualizado em 09/Jan/2019 - 16:42

Forbes destaca 50 mulheres mais importantes da tecnologia em 2018

Lista tem na primeira posição Manal Al Sharif, cientista da computação e fundadora do Women2Hack


Por Redação Belo Horizonte/MG
Manal Al Sharif, dos Emirados Árabes, ficou em primeiro lugar no ranking da Forbes
Crédito: Divulgação

Depois de destacar mulheres europeias e americanas que trabalham com tecnologia, a Forbes divulgou, recentemente, um ranking com as 50 profissionais mais importantes da área em 2018.

O primeiro lugar da lista ficou com Manal Al Sharif, cientista da computação e fundadora do Women2Hack Academy, um programa que visa fomentar talentos tecnológicos na Arábia Saudita, com foco na segurança da informação.

Manal foi presa no início da Primavera Árabe, em maio de 2011, por ter publicado um vídeo no qual dirigia um carro na cidade de Jobar. O país era o único no mundo em que mulheres eram proibidas de dirigir e essa realidade mudou apenas em 2018. Ela foi também a única mulher a trabalhar como especialista em segurança de TI na estatal produtora de petróleo Saudi Aramco.

O Top 3 da Forbes conta a francesa Jasmine Anteunis, fundadora da empresa de chatbot Recast.AI, e a biocientista britânica Chantelle Bell, co-fundadora da startup Syrona Women, que desenvolveu um teste parecido ao de gravidez, que pode ser feito em casa e alerta as mulheres sobre o câncer de colo do útero.

Confira o Top 10 da Forbes:

Manal Al Sharif (Arábia Saudita, hoje morando na Austrália – Women2Hack Academy)

Jasmine Anteunis (França – Recast.AI)

Chantelle Bell (Reino Unido – Syrona Women)

Elina Berglund (Estados Unidos – Natural Cycles)

Sue Black (Reino Unido – #techmums)

Danah Boyd (Estados Unidos – Data & Society Research Institute)

Joy Buolamwini (Estados Unidos – Algorithmic Justice League)

Eileen Burbidge (Reino Unido – Passion Capital)

Ursula Burns (Estados Unidos – VEON)

Emmanuelle Charpentier (Alemanha – CRISPR Therapeutics)

A lista com os 50 nomes pode ser acessada aqui.

#tecnologia#mulheres#destaque#ForbesFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.