Notícias

< voltar
18/Nov/2019 - 15:10 - Atualizado em 18/Nov/2019 - 15:55

Hub MG realiza Rodada de Negócios de Inovação durante o Festival de Moda de Belo Horizonte

De forma gratuita, cada startup inscrita tem a possibilidade de apresentar suas tecnologias inovadoras para até seis potenciais clientes.


Por Redação Belo Horizonte/MG

O Hub MG realiza, na próxima quinta-feira (21/11), das 14h às 18h, na CDL BH, o Hub Conecta, uma rodada de negócios de inovação. Nesta edição, a rodada será específica para a cadeia da moda, durante o Festival de Moda de Belo Horizonte - Mood.

De forma gratuita, cada startup inscrita tem a possibilidade de apresentar, individualmente, suas tecnologias inovadoras para até seis potenciais clientes. Cada rodada dura, aproximadamente, 20 minutos.

Conheça as empresas e os desafios:

Caos:

1. cronograma de confecção que faça o planejamento e a gestão do desenvolvimento e produção;

2. Como aumentar a base de clientes no mercado de pronta entrega de atacado;

3. Como otimizar a utilização de estoque de insumos no desenvolvimento de nova coleção, integrando ao ERP existente.

Centro Visão: 

1. Logística para entrega dos óculos de forma eficiente e rápida, evitando que o cliente tenha que retornar na loja para buscar o seu óculos de grau;

2. Gerenciamento financeiro;

3. Digitalização do empreendimento; 

4. Tecnologias que proporcionem melhores experiências para o consumidor;

5. Plataforma de impacto social que possa conectar os consumidores que estão trocando seus óculos de grau a pessoas que não têm condições de comprar óculos e um possa doar para o outro.

Fab.: 

1. Aumento das vendas através de CRM ou programa de fidelização;

2. Melhorias em atendimento através de chatbot whatsapp;

3. Big Data.

Fabril Mascarenhas:

1- Redução de componentes químicos pesados nos processos de acabamento do tecido (alevejamento, estamparia) sem aumentar o custo de produção final;

2 - Reduzir perda de valor no volume de LD e Retalhos.

Gruller: 

1. Lançar no mercado um sistema promocional de vendas que gire nosso estoque paralelo de calçados, oferecendo parcerias com pessoas que desejam uma oportunidade de trabalho in home para vendas de varejo. Os profissionais poderiam escolher os produtos no determinado estoque da fabrica e fariam o acerto financeiro quinzenalmente referente as suas vendas. 

2. Captar no mercado pessoas com o dom de vendas que queiram ser treinados e se tornarem vendedores de atacado tipo “representantes regionais” para atendimento a lojistas in loco e emitirem pedidos de encomenda para produção. O profissional de cada estado ou região do Brasil receberá por cada período determinado o mostruário da coleção atual para sair em campo. Pagamento de comissões.

3. Captar no mercado pessoas com o dom de vendas que queiram ser treinados e se tornarem profissionais tipo “contatos de exportação” visando pesquisa e captação de lojistas de outros países que tenham interesse no nosso perfil de calçados. Pagamento de comissões. 

Ideale:

1. CRM para varejo;

2. Ferramentas para gestão de equipe (histórico de funcionários, quadro de horários, atividades realizadas, vendas feitas);

São Joanense Têxtil:

Desafios em análise; 

Zak: 

1. Gerar mais fluxo e conversão para a loja online;

2. Integrar base de clientes lojas física, já existente e fiel, com a loja online. Clientes que já compram repetidamente produtos especificos, poderiam receber impulsionamento digital para reposição desses produtos e produtos complementares.

3. Integração com celulares da equipe de vendas para envios sistematizados de WhatsApp para clientes com novas campanhas;

4. App/sistema de aprovação de compras internas da empresa.

Se interessou? Clique aqui e inscreva-se agora mesmo!

#moda#rodadadenegócios#hubmgFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.