Notícias

< voltar
21/Mai/2018 - 08:00 - Atualizado em 21/Mai/2018 - 11:39

Incubadoras mineiras dominam final de Desafio de Incubação e Aceleração de Impacto

Três mineiras das quatro indicadas pelo Sudeste estão entre as 10 finalistas


Por Redação
Um dos finalistas é o Critt UFJF
Crédito: Divulgação

Três das quatro incubadoras finalistas da Região Sudeste na 3ª edição do Desafio de Incubação e Aceleração de Impacto são mineiras. A incubadora do Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia da UFJF (Critt UFJF), a Farol Incubadora de Empresas e a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Montes Claros (Inemontes) estão entre as 10 finalistas nacionais.

Parte do Programa de Incubação e Aceleração de Impacto, o desafio é uma iniciativa da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e tem como objetivo incentivar aceleradoras e incubadoras do Brasil para ampliar sua atuação como negócio de impacto social.

A 3ª edição do programa teve 40 inscrições, com representantes de 12 estados de quatro regiões do país. Os finalistas vão apresentar seus planos para um comitê que vai selecionar as quatro melhores incubadoras: uma de cada região do país.

Cada incubadora receberá um prêmio de R$ 10 mil, além de mentoria dos associados do Instituto de Cidadania Empresarial (ICE) e vouchers do Sebrae para os negócios de impacto apoiados por eles.

#empreendedorismo#inovação#startups#negóciosFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.