Notícias

< voltar
28/Fev/2019 - 11:30 - Atualizado em 28/Fev/2019 - 11:45

Laboratório da UEMG explora fronteiras da arte, ciência e tecnologia

Laboratório de Poéticas Fronteiriças vai realizar o Seminário de Artes Digitais, em abril, no Circuito Liberdade


Por Redação Belo Horizonte/MG
Grupo estuda as fronteiras do conhecimento científico e tecnológico e linguagens artísticas
Crédito: LabFront

O Laboratório de Poéticas Fronteiriças (LabFront), da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), consolida estudos nas fronteiras dos saberes, linguagens artísticas, conhecimento científico e tecnológico.

O grupo, que conta com pesquisadores dedicados a pensar as fronteiras das descobertas que envolvem essas áreas, tem como algumas de suas linhas de atuação a visualização de dados, tecnologias pós-digitais, preservação digital, ubiquidade, atropotécnicas, internet das coisas, gamificação, artificação, trans-humanismo e pós-humano.

Para o coordenador do laboratório, Pablo Gobira, a compreensão das fronteiras pela comunidade acadêmica ainda é um desafio. “Cada área tem seu jeito de fazer pesquisa, ensino e extensão. Não ver que a as artes têm especificidades é um problema. Eu enxergo as características da Ciência da Computação ou da Engenharia, mas nem todos veem da arte”, disse para o Minas Faz Ciência.

Para ele, fazer arte e ciência ou ciência-arte não é pegar a sobra dos resultados de processos que científicos que se desenvolve ou aproveitar recursos do laboratório de ciência, mas que “deveria ser uma transição, um corte ou destruição de fronteiras”, reflete.

Para o futuro, o professor vê um grande potencial de a arte contribuir com o mercado. “Há possibilidade de contribuição na criação de produtos para ajudar a indústria a torná-los mais consumidos ou funcionais”, explica.

Seminário

O LabFront vai promover, entre os dias 23 e 26 de abril, o Seminário de Artes Digitais de 2019, no Circuito Liberdade, em BH. O congresso de arte, ciência e tecnologia alcançará a 5ª edição e tem como tema “Projeções e Memória da Arte”.

O evento permitirá comunicações de pesquisas - e de produção de obras de arte - de várias temáticas. Pelas manhãs os participantes vão interagir com convidados em conferências e nas tarde serão realizados grupos de trabalho para apresentações de pesquisadores e artistas.

Leia mais

BH recebe congresso de arte, ciência e tecnologia

#pesquisa#tecnologia#ciência#uemg#laboratório#LabFrontFavoritar

Fonte: Minas Faz Ciência

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.