Notícias

< voltar
19/Set/2018 - 07:00 - Atualizado em 19/Set/2018 - 14:09

LinkedIn divulga as 25 startups mais desejadas no Brasil

Três empresas mineiras estão entre as empresas mais procuradas no país, segundo o LinkedIn Top Startups 2018


Por Renato Carvalho/SIMI Belo Horizonte/MG

O LinkedIn, rede social de negócios, divulgou nessa terça-feira, 18 de outubro, o LinkedIn Top Startups 2018: um ranking que avalia as startups mais desejadas no Brasil neste ano. Dentre as 25 empresas que compõem o ranking, três são mineiras: Hotmart, MaxMilhas e RockContent.

Segundo a publicação, a lista tem como proposta “oferecer ao profissional brasileiro um panorama sobre jovens empresas que atingiram um ritmo acelerado de crescimento”. A rede social usou seus próprios dados para avaliar as startup. “Bilhões de ações realizadas pelos 575 milhões de usuários do LinkedIn”, diz o texto.

Critérios

A avaliação foi feita a partir de quatro critérios: crescimento do quadro de funcionários, interesse de candidatos a vagas de emprego da empresa, engajamento dos usuários com a empresa e seus funcionários, e por fim, nível de atração exercida pela startup sobre talentos de empresas que compõem a lista LinkedIn Top Companies.

Para serem elegíveis a Top Startups, as empresas precisam ter no máximo 7 anos de existência, empregar pelo menos 50 funcionários, pertencer à iniciativa privada e ter sede no Brasil.

Ranking

A primeira colocada é uma das startups mais faladas e ‘badaladas’ nas redes sociais nos últimos tempos. A fintech Nubank garantiu a primeira posição. A empresa conta com 1.111 funcionários e nos últimos 12 meses, até julho de 2018, contratou mais de 800 profissionais e espera abrir mais 200 vagas até meados de 2019.

A empresa mineira melhor colocada é a Hotmart, na 10ª posição. A empresa, que auxilia criadores e distribuidores digitais, conta com 315 funcionários. Sua plataforma é usada por 1 milhão de afiliados e 90 mil produtores para atingir consumidores. Veja vagas na Hotmart.

Logo em seguida, na 11ª posição, aparece a MaxMilhas, que facilita a compra de passagens e venda de milhas aéreas. A startup tem 260 funcionários e deve encerrar 2018 com 2 milhões de passagens emitidas. A expectativa é de que 100 novas vagas sejam abertas até julho de 2019. Veja vagas na MaxMilhas.

A outra mineira no ranking é a Rock Content, na 20º lugar. A startup, que conta com um software de gestão de conteúdo, cria estratégias de marketing atreladas a resultados financeiros. São 340 funcionários na empresa, que abriu seu primeiro escritório internacional no México. Veja vagas na Rock Content.

Quer saber as outras empresas que compõem o rank? Acesse o estudo completo.

#startups#vagas#trabalho#mercado#ranking#linkedin#destaqueFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.