Notícias

< voltar
27/Ago/2018 - 08:00 - Atualizado em 27/Ago/2018 - 15:12

Mira conecta professores da rede pública a pais de alunos

Com um custo de R$ 2 por aluno, startup busca diminuir a evasão escolar; empresa utiliza SMS para se aproximar do pais


Por Redação Belo Horizonte/MG
Crédito: Mira/Divulgação

A falta de infraestrutura na educação pública do Brasil é um dos maiores obstáculos para a inserção de novas tecnologias. Pensando em solucionar este “gap”,  a startup Mira criou um aplicativo para escolas com pontos de conexão limitados.

Com atuação em mais de 230 instituições, a plataforma permite que os professores façam a chamada de presença utilizando os próprios celulares. Em seguida, os dados são enviados automaticamente às secretarias de educação do município.

A ferramenta, que também pode ser utilizada no modo offline, informa sobre desempenho escolar e ausências recorrentes. A empresa ressalta que o dispositivio ainda serve para enviar mensagens de texto e alertas para pais de alunos ausentes.

Com um custo da assinatura de R$ 2, em média, por aluno, o foco da startup está na diminuição da evasão escolar. “Disparos de SMS ainda são a melhor maneira de se comunicar com quem não está conectado a todo momento”, afirma o fundador Rangel Barbosa, de 38 anos.

Até o final do ano, a Mira deve lançar uma ferramenta para a realização de testes e provas em salas de aula.

#educação#tecnologia#mira#redepúblicadeensinoFavoritar

Fonte: PEGN

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.