Notícias

< voltar
05/Dez/2018 - 08:02 - Atualizado em 04/Dez/2018 - 12:22

Ouro Preto: reconhecida pelo passado e de olho no futuro

Cidade histórica mineira é um polo universitário e também berço de startups de sucesso


Por Redação Ouro Preto/MG
Cidade é reconhecida por sua importância histórica e pela arquitetura
Crédito: Renato Carvalho/SIMI

Ouro Preto é reconhecida por sua arquitetura e suas ruas cheias de história. Mas a antiga capital mineira não vive só do passado. A cidade é um polo universitário e também celeiro de startups.

Um dos exemplos é a Usemobile, criada por ex-alunos da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). A startup é focada no desenvolvimento de aplicativos mobile e sistemas web e tem uma metodologia inovadora. A empresa conta com uma equipe de desenvolvimento que trabalha com foco e agilidade para entregar aplicativos completos, com funcionalidades inéditas e que levem uma boa experiência aos usuários.

A empresa já desenvolveu vários aplicativos, como a versão para AppleWatch do 12minutos, que permite que usuários escolham entre diversos livros disponíveis e ouçam onde quiserem; Kumon Audiobook, para estudantes do Kumon; Sem Patrão, app que reúne prestadores de serviços; e o Gabarito Enem Sootdi, que simula a nota do aluno no Enem. A startup é especializada em apps tipo Uber, e já desenvolveu o Zumpy, Vrunny e Mobdrive.

Outros destaques da cidade são a Gerencianet e a Stilingue. A primeira surgiu em 2007, e hoje tem sedes em Belo Horizonte e São Paulo. A empresa oferece soluções em pagamentos online, boletos, carnês, cartões de crédito e gestão de clientes. Já a segunda, criada em 2014, trabalha com Inteligência Artificial e oferece uma plataforma de gestão que transforma o relacionamento entre empresa e clientes.

#empreendedorismo#inovação#startups#negócios#Gerencianet#StilingueFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.