Notícias

< voltar
22/Ago/2018 - 15:50 - Atualizado em 23/Ago/2018 - 10:07

Pato ganha prótese feita em impressora 3D

FabLab da Newton está desenvolvendo uma patinha para substituir o membro amputado do animal


Por Redação Belo Horizonte/MG
Animal perdeu uma pata em um acidente e agora vai contar com a ajuda de uma prótese para andar normalmente
Crédito: Divulgação

Os Fab Labs são pequenas oficinas que oferecem fabricação digital às pessoas. Alguns vinculados a universidades e faculdades, esses laboratórios ajudam na produção de diversos projetos limitados à produção em massa.

Além de fabricar peças para máquinas, bonecos, maquetes e outros produtos, os Fab Labs também podem ajudar pessoas - e animais - que precisam de uma prótese. Em Belo Horizonte, no FabLab Newton, da Newton Paiva, a tecnologia ajudou um cliente especial: um filhote de pato.

O animal teve a pata amputada após um acidente que necrosou o membro. O tutor do patinho procurou a veterinária Marcela Ortiz e a sua estagiária, aluna do 8º período do curso de Medicina Veterinária, Mikaelly Frasson Testa, para encontrar uma solução confortável para a ave.

A proposta do FabLab é uma prótese que vai substituir a patinha. Alguns testes já foram feitos e, para garantir a precisão do novo calçado, um escaner 3D foi usado para captar a pata que restou e projetar a que servirá de referência. A partir do escaneamento, foi iniciada a modelagem 3D da réplica do membro.

Por ser um filhote, o design da nova pata precisa funcionar de modo preditivo, ou seja, ser adaptável ao crescimento. Para isso, a equipe do FabLab está utilizando softwares de modelagem 3D em design paramétrico.

A prótese também precisa replicar a flexibilidade da pele original e, para isso, testes com filamentos 3D flexíveis, silicone e PETG estão sendo feitos. Já nesta semana o patinho já está usando uma prótese provisória e já se adaptou bem à meia de silicone.

O projeto está sendo conduzido pela estudante de Engenharia Mecânica da Newton e especialista em Modelagem e Desenho 3D, Natália Romagna, sob supervisão de Carla Werkhaizer, Fab Manager.

#inovação#tecnologia#FabLab#makerFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.