Notícias

< voltar
31/Jan/2019 - 12:00 - Atualizado em 31/Jan/2019 - 13:45

Pesquisa e diversão: museu de BH leva ciência ao público de forma lúdica

Evento será realizado pelo Espaço do Conhecimento UFMG no sábado, dia 2, e tem entrada gratuita


Por Redação Belo Horizonte/MG
Várias atividades vão mostrar como algumas áreas de estudo são importantes na nossa vida
Crédito: Espaço do Conhecimento UFMG/Reprodução

O Espaço do Conhecimento UFMG está com um programação especial para o primeiro sábado de fevereiro. A ideia é deixar a ciência mais próxima das pessoas, demonstrando de forma divertida como o trabalho do pesquisador é importante. As oficinas acontecem ao longo de todo o dia 2 de fevereiro e a entrada é gratuita.

A oficina Biologia no Verão: do laboratório até você vai apresentar as áreas da fisiologia e da farmacologia que, apesar das inúmeras aplicações no nosso dia a dia, são poucos conhecidas pela maioria da população. Hormônios, vacinas, plantas medicinais, tudo isso passa pelas pesquisas de cientistas do ramo, que vão apresentar alguns resultados de forma lúdica no museu.

Das 14h às 18h, várias atividades vão mostrar como esses estudos são importantes na nossa vida. A realização é do Curso de Verão de Fisiologia e Farmacologia: da Pesquisa Básica à Translacional, do Programa de Fisiologia e Farmacologia da UFMG.

Inclusão

Desde 2015, o projeto Sábado com Libras atrai um público diversificado, com diferentes interesses e formações. Temas de ciência e arte são abordados nas atividades, voltadas para quem se comunica em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Em caso de dúvida, os interessados podem enviar e-mail para libras.conhecimento@gmail.com.

Mistérios do corpo feminino

Outra atração do dia é o stand Mistérios da Mulher: do hormônio ao coração, onde os pesquisadores revelam como o sistema vascular e os hormônios estão vinculados no corpo feminino. Por exemplo, no período fértil, elas estão mais protegidas de doenças cardiovasculares do que os homens da mesma idade, mas a vantagem se perde com a chegada da menopausa.

A partir de jogos, os visitantes vão entender melhor esses mecanismos. O jogo de tabuleiro Mulheres Cíclicas mostra as fases e alterações no corpo ao longo da vida, como puberdade, primeira menstruação, climatério e menopausa. Já o Show do Milhão: o coração da mulher traz perguntas sobre a influência da menopausa no desenvolvimento de aterosclerose e infarto. Modelos anatômicos ajudam os participantes a responder às perguntas.

O poder da ciência

O segundo stand, A Magia da Ciência: conhecimento que cura, apresenta as possibilidades que esse conhecimento proporciona à humanidade, como o desenvolvimento de vacinas e o saber científico sobre as plantas medicinais.

A contação de histórias Plantas que curam: cosmogonias e cosmologias abordará o uso de plantas medicinais em diferentes culturas. Já em Cientistas Cartomantes: mitos e verdade sobre vacinas, estudantes de Fisiologia e Farmacologia explicam mitos que têm se espalhado pela internet e fortalecido o movimento antivacinas.

Por fim, o jogo de memória Serpentes do bem? revela a importância do veneno das serpentes peçonhentas. Ao final, os participantes vão produzir o chocalho de uma cascavel.

Labirintos da memória

O cérebro é o responsável por formar, estocar e recuperar nossas memórias, tema do último stand, que mostrará como ocorre esse processo. Na oficina Jogo de Aventura, os participantes optam por caminhos de um labirinto que levam diferentes formas de aprendizado, revelando como algumas memórias se tornam de curto prazo e outras ganham mais importância na nossa mente.

O Espaço do Conhecimento UFMG estimula a construção de um olhar crítico acerca da produção de saberes. Sua programação diversificada inclui exposições, cursos, oficinas e debates. Integrante do Circuito Liberdade, o museu é fruto da parceria entre a UFMG e o Governo de Minas Gerais. O Espaço está subordinado à Diretoria de Ação Cultural (DAC) da Universidade, é amparado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e conta com patrocínio da Unimed-BH, do Instituto Unimed-BH e da Petrobras.

#pesquisa#ciência#espaçodoconhecimentoFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.