Notícias

< voltar
22/Jan/2019 - 08:01 - Atualizado em 22/Jan/2019 - 11:03

Programa do Sebrae vai levar indústria 4.0 para micro e pequenas empresas

Indústria + Avançada será executado em 2019 e 2020 e faz parte do programa Brasil + Produtivo do Ministério da Indústria e Comércio


Por Redação Belo Horizonte/MG

O Sebrae Minas vai lançar, em fevereiro, o programa Indústria + Avançada, que tem como objetivo facilitar o acesso das micro e pequenas empresas aos processos da indústria 4.0. O projeto terá investimento de R$ 2,8 milhões e atenderá a 221 pequenas indústrias.

Segundo a gerente de Indústria do Sebrae Minas, Márcia Valéria Machado, em entrevista ao Diário do Comércio, o movimento da indústria 4.0 já é algo real em médias e grandes empresas. “O Sebrae vem trazer esses processos para as micro e pequenas, para que essas empresas, por meio da tecnologia, possam ter melhores resultados, tornando-se mais produtivas, com redução de custos e acesso a informações de dados em tempo real, o que ampara a tomada de decisão", resume

O programa foi desenvolvido e será executado pelo Senai-MG. As 221 empresas que serão atendidas são dos ramos de alimentos e bebidas, metalmecânico, confecção, calçados e móveis. Durante três meses os participantes vão receber 120 horas de consultorias e treinamentos. De acordo com o gerente de tecnologia e educação para a indústria do Senai-MG, Ricardo Aloysio, um projeto-piloto foi desenvolvido e houve um ganho de 4% da produtividade e de 22% de disponibilidade de equipamento.

A metodologia, segundo explicado na matéria do Diário do Comércio, prevê a instalação de um dispositivo IoT no próprio maquinário existente na indústria a ser atendida. O custo médio a ser aplicado pelo Sebrae é de R$ 12,8 mil por empresa, representando 70% do total do investimento. Os outros 30% serão completados pelos empresários, como contrapartida, podendo ser parcelados.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique por dentro dos principais conteúdos de Ciência, Tecnologia e Inovação!

#Sebrae#desenvolvimento#negócios#industria#industria4.0Favoritar

Fonte: Diário do Comércio

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.