Notícias

< voltar
16/Jan/2017 - 00:00 - Atualizado em 15/Jan/2018 - 14:22

Renault, Nissan e Mitsubish vão investir US$ 1 bilhão em startups de mobilidade

Alliance Ventures será o maior fundo de capital de risco do setor automotivo


Por Redação
Crédito: Paraná em Foco

As montadoras Renault, Nissan e Mitsubish formaram uma aliança para a criação de um fundo de capital de risco de US$ 1 bilhão para investir nos próximos cinco anos em startups focadas em mobilidade. Com aporte DE US$ 200 milhões , a Alliance Ventures é uma das maiores venture capital já anunciada na indústria automotiva.

O fundo vai financiar negócios focados em eletrificação, autonomia, conectividade e inteligência artificial. Segundo as companhias, Renault e Nissan terão, cada uma, 40% do controle do fundo. Os outros 20% serão da Mitsubishi. A nova empresa já nasce com presença global e escritório em cinco regiões: Vale do Silício, nos Estados Unidos, Paris, na França, Pequim, na China e Yokohama, no Japão. O ex-presidente da Nissan do Brasil, François Dossa, vai comandar a operação do empreendimento.

Com a iniciativa, a Aliança Renault Nissan segue uma tendência já bastante difundida em outras indústrias: se aproximar de startups para buscar tecnologias, acelerar a inovação e se arejar internamente. O objetivo é acompanhar a digitalização da indústria automotiva, que tende a gerar menos receitas com a venda de carros e firmar seu modelo de negócio na oferta de serviços de mobilidade. General Motors, BMW e Toyota também anunciaram fundos de capital de risco recentemente.

O primeiro investimento da Alliance Ventures já está definido. O fundo vai comprar participação na Ionic Materials, startup dos Estados Unidos focada no desenvolvimento de baterias de estado sólido que poderão ser usadas em carros elétricos no futuro.

#startup#mobilidadeurbana#industriaautomobilistica#venturecapitalFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.