Notícias

< voltar
26/Jun/2018 - 14:34 - Atualizado em 26/Jun/2018 - 16:23

Rinonbot, da UFJF, participa da Copa Mundial de Robôs

Equipe foi a única mineira a participar da Robo Cup, no Canadá


Por Paula Isis/SIMI Belo Horizonte/MG
Crédito: Facebook/Reprodução


A última semana foi bastante agitada para a equipe de robótica da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a Rinobot. É que a equipe desembarcou no Canadá para participar da Copa Mundial de Robôs (RoboCup). A competição realizada entre
16 e 22 de junho contou com a participação de 35 países, quatro mil pessoas e cinco mil robôs. A equipe mineira foi uma das 24 selecionadas para a disputa.

Para Afonso da Fonseca Braga, aluno de engenharia elétrica da UFJF com habilitação em automação e robótica, a participação foi bastante enriquecedora. “Foi uma emoção gigantesca estar nesse evento e ter contato com novas tecnologias, novos robôs, soluções e aplicações Tivemos a chance de estar com contato com as maiores equipes do mundo, trocar experiência, ver como eles fazem, como solucionam os problemas que encontram na equipe”, comentou.

Outra equipe que representou o Brasil foi a UnBeatables, da Universidade de Brasília (UnB) Em parceria, as duas participaram na categoria “Equipe mista”, denominada AstroNAOtas. Sobre a parceria, Afonso explicou que no começo eles entraram na equipe mista para trocar conhecimento com a equipe da UnB e porque as duas equipes não tinham a totalidade dos robôs para competir.

Apesar de “estarem juntas”, o estudante ressaltou que durante a disputa os competidores não podem trocar código, apenas fazer com que os robôs se comuniquem. “A gente conseguiu compartilhar os robôs e dicas entre as duas equipes." Além disso, ele destacou que a participação nesta categoria proporcionou um crescimento muito grande para as duas equipes e que acredita que após a RoboCup eles evoluirão bastante e mais preparados para a próxima edição.

Sobre a participação na liga Standard Platform (SPL), que consiste em jogar futebol com seis robôs humanoides, a equipe da UFJF já havia conquistado o primeiro lugar na Competição Latino-Americana e Brasileira de Robótica (LARC) na categoria. Para chegar na SPL este ano, eles começaram a trabalhar no projeto no ano passado, após a participação na RoboCup.

“A gente remodelou todo o código, trocando a linguagem de programação e levamos um novo código para o campeonato." Afonso adianta que agora é o momento de fazer uma nova alteração para a LARC deste ano e aplicar toda a experiência que a competição no Canadá trouxe para a equipe”, ressaltou.

A Rinobot

Fundada em 2016, a equipe de robótica da UFJF busca se aproximar de instituições de ensino, empresas, professores e estudantes que possam contribuir para o desenvolvimento tecnológico. Uma das intenções da equipe é disseminar os estudos em robótica nas escolas da cidade e região. Atualmente, a Rinobot conta com 80 integrantes de mais de 20 cursos da UFJF.

#robos#UFJF#Ribonot#RoboCupFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.