Notícias

< voltar
23/Fev/2018 - 11:30 - Atualizado em 23/Fev/2018 - 15:37

Rodada de Negócios envolve startups de Itajubá e Unilever

Evento gerou oportunidades de negócios para as empresas e promoveu networking no ecossistema


Por Redação
Representantes da Unilever se encontraram com startups de Itajubá
Crédito: INCIT/Reprodução

No dia 19 de fevereiro, a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá (INCIT) e o Centro de Empreendedorismo da Universidade Federal de Itajubá (CEU) promoveram uma rodada de negócios entre startups do município e a empresa Unilever, de Pouso Alegre.

Durante o evento, as empresas incubadas e graduadas na INCIT tiveram a oportunidade de apresentar seus produtos e serviços aos executivos da Unilever. “Vejo que o encontro foi bastante produtivo, pois uniu a Unilever com as startups da região. Agora, o resultado será medido pelo número de negócios entre essas empresas”, disse o gerente da INCIT e diretor da Associação para Inovação e Empreendedorismo de Itajubá (Inovai), Maurício de Pinho Bitencourt.

A Unilever é uma multinacional de bens de consumo. Seus produtos incluem alimentos, bebidas, produtos de limpeza e de higiene pessoal. Para as startups, além da possibilidade de gerar negócios, o evento foi uma chance de conhecer o posicionamento de mercado de grandes empresas. “Esse evento mostrou para as startups como pensam e se comportam os executivos de uma grande companhia. Já pelo lado da Unilever, essa reunião foi importante, pois o ambiente empreendedor das startups é extremamente inovador”, comentou Rodrigo Argüeso, diretor da startup Safe Trace.

Devido ao sucesso da Rodada de conversa, a Inovai planeja proporcionar mais encontros do tipo, trazendo grandes empresas de Itajubá e região para apresentar o ecossistema inovador que a cidade possui.

#inovação#startup#Itajubá#UnileverFavoritar

Fonte: INCIT

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.