Notícias

< voltar
21/Out/2016 - 10:00 - Atualizado em 21/Out/2016 - 14:54

Saiba por que é importante pivotar

Startups precisam saber a hora de mudar os rumos e apostar em uma nova estratégia. Confira o infográfico!


Por Renato Carvalho e Alysson Lisboa
Pivotar no basquete é girar em outro direção para se livrar de um adversário. Assim também deve ser com as startups: girar para encontrar melhores soluções
Crédito: NBA

Você já ouviu falar no termo pivotar? Talvez a palavra soe estranha em um primeiro contato, mas a expressão, que vem do inglês “pivot”, representa uma técnica essencial para transformarmos ideias em negócios.

Assim como no basquete, pivotar é ‘girar em outra direção’, testando novas hipóteses para sua startup. Apesar da mudança de rumos, a base deve ser mantida para não perder toda a estruturação já conquistada. Cada falha traz experiências e aprendizados.

Grandes empresas precisaram pivotar para acertar no modelo de negócio e alcançar o sucesso. Exemplos disso foram a mineira SambaTech, plataforma de distribuição de vídeos, o Easy Taxi, aplicativo de transporte e o Flickr, plataforma de compartilhamento de fotografias. Conheça a história delas: 

SambaTech

A SambaTech surgiu, inicialmente, com uma ideia do CEO Gustavo Caetano de criar uma plataforma de games para celular. Ele montou um plano de negócios, foi para Londres e apresentou sua ideia a um produtor de jogos, que aprovou o projeto e apostou na distribuição na América Latina.

A Samba se tornou uma das primeiras empresas a distribuir jogos de celular no Brasil. Com o mercado em franca expansão, a empresa conseguiu distribuir games em mais de 40 canais por toda a América Latina, tendo escritórios no Chile e na Argentina.

Mas em 2007 Gustavo percebeu que o mercado de games tinha pouca chance de decolar. Grandes marcas já tomavam conta e brigavam pelas pequenas fatias que restavam. Pensando nisso, a Samba resolveu pivotar e apostar na comunicação digital, desenvolvendo uma plataforma para gestão e distribuição de conteúdo na internet.

Atualmente é a maior plataforma de vídeos online da América Latina e tem, entre seus cases, empresas como Google, Globo, SBT, Samsung, Tim, Oi, Editora Abril, O Boticário, entre outros.

Flickr

O Flickr começou como um jogo MMORPG - sigla em inglês para Multijogador Online Massivo, chamado Neverending, da empresa canadense Ludicorp. O game era acessado pelo navegador e se caracterizava como um mapa navegável com interações, em tempo real, entre usuários, além de mensagens instantâneas, compra e venda de itens.

No entanto, o jogo tinha uma ferramenta para compartilhar fotos e guardá-las em uma página durante o jogo. Isso acabou sendo a parte mais divertida da experiência. A partir daí, Neverending se transformou em Flickr, que mais tarde foi adquirido pela Yahoo!.

EasyTaxi

Durante um Startup Weekend no Rio de Janeiro, o fundador da EasyTaxi, Tallis Gomes, desenvolveu um modelo de negócios de um aplicativo com informações sobre a localização de ônibus em tempo real. A ideia, no entanto, foi abandonada após um dos avaliadores do evento sugerir, já que o Google trabalhava em algo similar.

Após 40 minutos procurando por um táxi embaixo de chuva, na saída do evento, Tallis teve a ideia de criar um app para chamar táxi pelo celular. A princípio, o novo modelo de negócio se baseava em um serviço para atender cooperativas e frotistas.

Com alguns taxistas cadastrados, o empreendedor convivia com frequentes reclamações de falta de passageiros. A solução encontrada foi ficar na porta de hotéis e convencer hóspedes a baixar o aplicativo. Em pouco tempo a novidade se espalhou entre os taxistas.

Confira o infográfico

#empreendedorismo#startup#pivotar#Flickr#SambaTech#EasyTaxiFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.