Notícias

< voltar
18/Dez/2018 - 11:54 - Atualizado em 18/Dez/2018 - 14:22

Startup cria óculos que leem textos e identificam pessoas para deficientes visuais

Produto desenvolvido pela OrCam também ajuda pessoas com dislexia


Por Redação Belo Horizonte/MG
Produto foi exposto durante uma feira de tecnologia assistiva realizada em BH
Crédito: Lucas Nolasco/SIMI

Usar o poder da tecnologia para melhorar a vida de pessoas cegas, deficientes visuais e com dificuldades de leitura. Essa é a pretensão dos israelenses Amnon Shashua e Ziv Aviram, fundadores da startup OrCam, que desenvolveu um dispositivo capaz de auxiliar na execução de tarefas diárias, especialmente na leitura.

Composto por uma câmera e microfone, o pequeno aparelho, que pode ser acoplado nas hastes de qualquer par de óculos, lê instantaneamente textos em português e inglês, em qualquer superfície. Além disso, a tecnologia reconhece produtos, código de barras, cores e cédulas de dinheiro.

De acordo com o IBGE, no Brasil existem cerca de 6,5 milhões de deficientes visuais. Com a câmera, batizada de My Eye, a OrCam quer dar mais autonomia e ajudar na inclusão dessas pessoas.

Reconhecimento facial

Outro importante recurso da câmera é a possibilidade de identificar pessoas por meio do reconhecimento facial. O aparelho notifica o usuário sempre que um rosto conhecido é identificado, além de apontar também o gênero de cada uma das pessoas ao redor.

O My Eye, da Orcam, foi exposto durante a Feira Mobility Car Show realizada nos dias 23, 24 e 25 de novembro, em Belo Horizonte. Para conhecer melhor a iniciativa, basta acessar o site da Orcam.

#inovação#tecnologia#acessibilidadeFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.