Notícias

< voltar
26/Fev/2019 - 14:00 - Atualizado em 26/Fev/2019 - 14:38

Startup cria plataforma gratuita para ajudar na revisão da aposentadoria

RevisePrev venceu a edição de BH do Global Legal Hackathon 2019


Por Pedro Matos/SIMI Belo Horizonte/MG
Equipe da RevisePrev concorre a uma vaga na final global do evento, que será realizada em maio, nos Estados Unidos
Crédito: Lindamaria Grasselli/Arquivo pessoal

No último final de semana, Belo Horizonte sediou a edição 2019 do Global Legal Hackathon, um desafio que reúne profissionais e estudantes de direito, engenharias, ciência da computação, design gráfico e demais entusiastas do empreendedorismo visando o desenvolvimento de soluções inovadoras no Direito.

Neste ano, a RevisePrev foi eleita a grande vencedora da competição. A startup desenvolveu uma plataforma jurídica para revisar o cálculo previdenciário de forma simples e gratuita para os aposentados.

A ideia é permitir que qualquer aposentado utilize a plataforma para saber se tem ou não o direito à revisão. Em seguida, o usuário que quiser fazer o novo cálculo poderá solicitar indicações de advogados especializados cadastrados no sistema disponíveis para atendê-lo.

“A RevisePrev é uma intermediária do cliente com o advogado. A plataforma vai entregar a
petição pronta ao advogado para que esse profissional possa instruir a demanda judicial”

(Lindamaria Grasselli, cofundadora da startup e advogada especializada em Direito e Processo Civil)

Na plataforma, que está em fase final de desenvolvimento, o usuário vai preencher as informações básicas e anexar o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), que é uma espécie de relatório com informações do trabalhador. “Já temos o MVP e nossa expectativa é liberar a versão final em 90 dias”, garante Grasselli.

Com a vitória na edição de Belo Horizonte do Global Legal Hackathon, a RevisePrev concorre a uma vaga na final global do evento, que será realizada em maio, nos Estados Unidos. Para a Grasselli, que pela primeira vez participou de uma competição do gênero, a experiência foi fundamental para a continuidade do projeto. “O incrível do Global Legal Hackathon foi ver a diversidade de pessoas. O evento permitiu para nossa equipe ter uma perspectiva diferente de mercado e de pessoas. Mostrou que a união faz a força”.

Além de Grasselli, formam a equipe da RevisePrev os advogados Érico Servano, Rafaela Silva, Fernanda Horta, o especialista em Blockchain Guilherme Cunha, o especialista em metodologia ágeis de software Paulo Gonçalves e o estudante de Direito Gustavo Babo.

A Competição

O Global Legal Hackathon tem o objetivo de ajudar no desenvolvimento de soluções tecnológicas e inovadoras que impactem o ecossistema da justiça. Em Belo Horizonte a competição é organizada pela Comissão de Direito para Startups da OAB/MG.

Edição 2019 do Global Legal Hackathon foi realizado nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro
Crédito: Lindamaria Grasselli/Arquivo pessoal

“Sentimos um amadurecimento muito grande dos projetos. Temos muitos problemas para resolver e uma condição muito peculiar no Brasil, com o maior número de advogados do mundo, muitos processos na Justiça e percebemos um crescimento franco de lawtechs. O setor jurídico demanda muitas soluções tecnológicas diferentes. Esse evento é uma oportunidade para fomentar esses projetos”.

Paula Figueiredo, fundadora e presidente da Comissão de Direito para Startups da OAB/MG.

Confira as startups destaques do Global Legal Hackathon 2019 de Belo Horizonte:

1º Lugar - RevisePrev: revisão de cálculo previdenciário e aproximação do cidadão e do advogado.

2º Lugar -  DocFly: automação de documentos para construção de contratos.

3º Lugar - JuntaMais: assessoria jurídica gratuita para mulheres em situação de vulnerabilidade.

#inovação#startups#lawtech#GlobalLegalHackathonFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.