Notícias

< voltar
23/Jan/2018 - 11:00 - Atualizado em 23/Jan/2018 - 11:59

Startup cria pratos descartáveis e biodegradáveis utilizando folhas de árvores

Recipientes da Leaf Republic são resistentes à água e se decompõem em 28 dias


Por Redação
Equipe arrecadou recursos por meio de uma campanha na Kickstarter e atualmente é capaz de produzir até 15 milhões de unidades por ano
Crédito: Leaf Republic/Facebook 

A quantidade de lixo produzida pela humanidade tem aumentado consideravelmente a cada ano. Preocupadas com o meio ambiente, diversas empresas e instituições têm se mobilizado para reverter esse crescimento, desenvolvendo produtos mais sustentáveis, por exemplo.

Foi com esse pensamento que nasceu a startup alemã Leaf Republic. A empresa desenvolveu uma tecnologia que utiliza folhas de árvores para fabricar pratos e recipientes descartáveis.

Sem usar qualquer material sintético, como corantes ou cola, por exemplo, os produtos são feitos com duas camadas de folhas e uma de papelão, no meio, prensadas e costuradas com fibras de palmeiras.

Segundo os desenvolvedores, os pratos descartáveis são resistentes à água e biodegradáveis. Se deixados no meio ambiente, se decompõem em menos de um mês.

A pesquisa teve duração de três anos. Depois de realizar uma campanha na plataforma de crowdfunding Kickstarter, a Leaf Republic conseguiu arrecadar recursos para aumentar a produção, atingindo a capacidade de 15 milhões de unidades por ano.

Para garantir a qualidade do produto, a empresa importa folhas da Ásia e da América do Sul, pois, segundo os sócios, as folhas dessas regiões são mais robustas e residentes do que as encontradas na Europa. No entanto, a startup realiza constantes testes com diversos tipos de plantas próximos à região para reduzir a emissão de carbono com o transporte da matéria-prima.

A startup garante que nenhuma árvore é derrubada para que os pratos de folhas sejam produzidos.

#empreendedorismo#inovação#tecnologia#sustentabilidade#startupFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.