Notícias

< voltar
18/Out/2017 - 09:00 - Atualizado em 18/Mai/2018 - 10:57

Startup de BH cria plataforma para esportistas

Além de tornar o uso da ciência mais acessível, tecnologia permite que profissionais de educação física acompanhem seus alunos à distância


Por Redação

Arremesso de peso, pentatlo, ciclismo, atletismo, natação, remo e tiro esportivo. Esses são alguns dos esportes que tiveram recordes quebrados nos Jogos Olímpicos Rio-2016. Sem dúvida, o apoio de tecnologias foi fundamental para que novas marcas fossem alcançadas.

Com o objetivo de tornar o uso da ciência mais acessível a atletas amadores, a Treinus, startup de Belo Horizonte, desenvolveu uma tecnologia que permite que profissionais de educação física acompanhem seus alunos à distância de forma planejada e eficiente. Por meio dela, é possível organizar as planilhas de treinamento, anotar a performance de cada atleta e até emitir boletos de pagamento.

Com a coleta de dados sobre desempenhos técnico, tático, físico e esportivo, treinadores conseguem determinar pontos fortes e fracos dos esportistas, proporcionando a elaboração de um treinamento estratégico para o atleta.

“Diferentemente de aplicativos que sugerem treinamentos sem nenhuma prescrição, a plataforma da Treinus é uma forma de utilizar a tecnologia a favor do trabalho do coach. Defendemos que só um profissional tem condições de formular um treino adequado ao perfil de cada pessoa”, explica Gutenberg Dias, criador da Treinus.

O uso pode ser misto, combinando encontros presenciais e à distância. Pela plataforma, o professor recebe o desempenho do atleta a cada quilômetro percorrido, o ritmo, a quantidade de calorias gastas e a potência desenvolvida. Com essas informações o treinador consegue prescrever a melhor combinação de exercícios para cada aluno.

Sediada no BH-TEC, a Treinus conta atualmente com mais de 80 mil usuários, em geral atletas profissionais ou antigos sedentários que iniciaram trabalho de treinamento.

#tecnologia#ciência#startup#saúde#esporte#BH-TEC#bemestarFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.