Notícias

< voltar
24/Abr/2018 - 09:00 - Atualizado em 02/Mai/2018 - 14:43

Uber realiza hackathon em Belo Horizonte

Com foco em mobilidade urbana, o desafio reuniu profissionais de diversas áreas para pensarem soluções para as cidades


Por Redação
Crédito: Uber/Divulgação

Neste final de semana, a Uber realizou a etapa de Belo Horizonte do Uber Hack - O Hackathon da Mobilidade. Com o objetivo de encontrar soluções inovadoras para melhorar a mobilidade urbana, o desafio, inédito no Brasil, convidou os apaixonados por tecnologia a criar ou repensar projetos urbanos de mobilidade a partir de modelos que podem, inclusive, ser integrados ao aplicativo da Uber.

Os hackathons estão sendo realizados desde março e continuarão até junho, em seis etapas: Porto Alegre, Fortaleza, Belo Horizonte, Brasília, Recife e São Paulo. Na capital mineira, o evento aconteceu no Órbi Conecta e contou com a participação de cerca de 50 participantes das áreas de desenvolvimento, negócios e design, divididos em 10 equipes que pensaram em soluções tecnológicas para superar desafios na mobilidade urbana.

A ideia vencedora foi a Escape, uma plataforma para viabilizar e fortalecer o incentivo à mobilidade ativa. A equipe criou um aplicativo que conecta pessoas a grupos que têm o mesmo interesse em praticar a mobilidade ativa, como caminhar, correr e pedalar, com o objetivo de promover melhor mobilidade nas cidades e instigar uma forma de locomoção mais sustentável.

A banca avaliadora foi composta por representantes da Uber e agentes de peso do ecossistema de inovação de Minas Gerais. Os vencedores locais vão apresentar suas soluções na etapa final do desafio, que será no dia 5 de junho, em São Paulo. A equipe vencedora final ganhará uma viagem para o centro de tecnologia da Uber, em Pittsburgh (EUA), para conhecer de perto a tecnologia dos carros autônomos em desenvolvimento pela empresa.

#mobilidade#inovação#tecnologia#hackathonFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.