Notícias

< voltar
17/Dez/2018 - 12:47 - Atualizado em 17/Dez/2018 - 13:58

Uberaba ficou em terceiro lugar no Índice Sebrae de Desenvolvimento Econômico

Índice do Sebrae coloca cidade em posição de destaque na geração de negócios


Por Alysson Lisboa com redação Belo Horizonte
Uberaba é destaque no ranking de desenvolvimento econômico do Sebrae
Reprodução da internet

Quem pensa que as ações de fomento à inovação e ao empreendedorismo estão concentradas apenas nas capitais está enganado. Uberaba tem sido destaque na valorização da micro e pequena empresa, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, José Renato Gomes e, para isto, criou ambiente favorável à implementação de novos negócios. Uberaba é o terceiro no ranking de Minas Gerais no Índice Sebrae de Desenvolvimento Econômico, ficando atrás apenas de Belo Horizonte e Contagem.

A Sala do Empreendedor é um espaço criado pela prefeitura, que está agilizando o atendimento a este segmento e serviu de modelo para todo o estado de Minas Gerais. No quesito capital empreendedor, a média de Uberaba foi de 0,6578 e a mineira, de 0,6118. Trata-se da capacidade empreendedora pela quantidade e qualidade de empreendedores, empresas e lideranças. Já o tecido empresarial, onde Uberaba alcançou média de 0,02270, se refere à intensidade e à qualidade das relações dos empreendedores e seus negócios, estando, portanto, relacionada à oferta de capital empreendedor, representado pelas redes formais e informais de empreendedores e empresas, que se unem para atuar coletivamente em prol dos seus interesses.

Uberaba comportou-se muito bem no item governança para o desenvolvimento em que lideranças do poder público, do mercado e da sociedade cooperam para construção de projeto consensual de desenvolvimento econômico com visão comum de futuro construída de maneira compartilhada, participativa e democrática.

A cidade também apresentou média superior à mineira em organização produtiva, que é a maneira como organiza suas atividades econômicas para gerar renda e riqueza. É o modelo onde as empresas, empreendedores e segmentos econômicos interagem com as condições do ambiente de negócios para alavancar, fomentar e dinamizar a economia local.

Comunidade de startups também é destaque

Zebu Valley é o ecossistema de Empreendedorismo, Inovação, Tecnologia e Incentivo a Startups de Uberaba. Além das inúmeras empresas inovadoras, o ecossistema é formado por agentes do Sebrae, Fiemg, Prefeitura, Senai, Embrapa e tantos outros. A comunidade é a porta de entrada para criativos, empresários e gente que faz da inovação seu ganha-pão. Atualmente em Minas, cerca de 28 comunidade de startups estão espalhadas pelos mais diversos locais do Estado, levando conhecimento e principalmente difundindo as ações e a integração entre startups locais e grandes empresas.

##Startups#ZebuValley#impacthububerabaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.