Notícias

< voltar
25/Jan/2017 - 09:00 - Atualizado em 25/Jan/2017 - 11:20

Veja 9 tecnologias que devem ser tendência nos próximos anos

Lista foi elaborada pela Gartner, referência em pesquisa de tecnologia no mundo


Por Redação

A Gartner, referência em pesquisa de tecnologia no mundo, apontou nove principais tendências tecnológicas para os próximos anos. Veja a lista:

  • Poeira inteligente

É a evolução da nuvem de internet. A smartdust é um sistema de micro sensores e robôs que detectam luz, temperatura, vibração e magnetismo, formando uma rede de computadores wireless. Do tamanho de grãos de areia, esses sensores podem fornecer diversas informações, desde que seja pulverizada nos locais. Além do lado benéfico, como uso médico, a poeira inteligente também pode ser usada com objetivos militares para monitorar áreas e pessoas.

  • Impressora 4D

Ainda em desenvolvimento, a tecnologia pode criar produtos que substituem partes do corpo humano. Tal avanço permitirá que objetos se transformem ou se auto montem ao longo do tempo. Imagine um cubo impresso que se desdobre diante de seus olhos, ou capaz de sentir a necessidade de contrair ou expandir. Assustador? Um pouco.

  • Processador neuromórfico

É um chip com múltiplos núcleos - chamado TrueNorth - com conexões que imitam o cérebro e uma arquitetura capaz de executar tarefas em tempo real, consumindo uma quantidade mínima de energia em relação aos processadores tradicionais. Tal como o cérebro, a rede neural do processador consegue executar tarefas como o reconhecimento de padrões de forma muito mais eficiente do que os demais processadores.

  • Computador quântico

Um computador quântico é uma máquina que executa seu processamento baseado nas propriedades quânticas da matéria, como a sobreposição e a interferência, criando um novo e revolucionário modo de armazenar e tratar dados. Alguns problemas que um computador eletrônico levaria milhares de anos para resolver, um computador quântico seria capaz de resolver em alguns minutos.

  • Internet das coisas

A Internet das Coisas permite conectar à internet desde aparelhos eletrônicos do cotidiano, como eletrodomésticos, à veículos e infraestruturas complexas. A conectividade serve para que os objetos possam ficar mais eficientes ou receber atributos complementares. Como exemplo o fato de a geladeira poder te avisar quando um alimento está prestes a acabar e te mostrar quais os valores daquele produto em comércios próximos a você.

  • Veículos autônomos

São carros inteligentes que não requerem um motorista para se deslocar. Usam sensores para reconhecer o ambiente em que estão e transportar, de forma segura, os usuários.

  • Robô-inteligente

São dispositivos biomecânicos ou eletromecânicos que realizam trabalhos de maneira programada. Já são utilizados para substituir os seres humanos em diversas funções, como cirurgia médica, limpeza doméstica, entre outros.

  • Nanotubos

São alótropos* de carbono em formato cilíndrico. Eles foram construídos para gerar melhorias em estruturas de materiais. São 100 mil vezes mais finos que um fio de cabelo e invisíveis até para microscópios ópticos.

* Fenômeno em que um mesmo elemento químico pode originar substâncias simples diferentes.

  • Realidade virtual

É uma tecnologia de interface capaz de enganar os sentidos de um usuário, por meio de um ambiente virtual, criado a partir de um sistema computacional. Ao induzir efeitos visuais, sonoros e até táteis, a realidade virtual permite a imersão completa em um ambiente simulado, com ou sem interação do usuário.

#tecnologia#VR#tendênciasFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.