Notícias

< voltar
27/Out/2016 - 12:12 - Atualizado em 27/Out/2016 - 13:55

Workshop apresenta 100 Open Startups para empresas e agentes do Governo de Minas Gerais

Encontros tiveram o objetivo de fomentar a importância de conexões dos setores com startups com modelos de negócios inovadores


Por Renato Carvalho/SIMI
Encontro da tarde reuniu representantes das secretarias do Governo de Minas Gerais
Crédito: Gabriel Maciel/Sedectes

Nessa quarta-feira, 26 de outubro, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sedectes) e a Wenovate organizaram um workshop para agentes do governo do Estado, durante a tarde, e para empresas, à noite.

O objetivo era apresentar o 100 Open Startups, que acontece durante a Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia (FINIT), e também fomentar investimentos em startups do ecossistema mineiro, seja órgão governamental ou empresa privada.

Segundo o subscretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Dias, o trabalho da secretaria é criar um ecossistema de conexões. “Fazer com que cada vez mais pessoas pensem na inovação e tecnologia como um acelerador de resultados e de diversificação econômica”, disse.

Leonardo explicou, ainda, que a Sedectes está próxima de startups e, por isso, tem o papel de apresentar novos caminhos a outras secretarias. “O Governo é um dos maiores compradores de qualquer produto. Se a gente conectar o Governo para comprar de projetos ligados ao próprio ecossistema, ao próprio estado, a oportunidade de dar certo, e realmente mudar a nossa economia, é muito grande. Esse é o caminho.”

No Espaço 104, Bruno Rondani, diretor da Wenovate, apresentou o 100 Open Startups para empresas.
Crédito: Renato Carvalho/SIMI

O diretor da Wenovate, empresa responsável pela 100 Open Startups, Bruno Rondani, destacou que o workshop visa apresentar a possibilidade de participar de um evento no qual instituições que têm recurso – e atendem uma grande quantidade de clientes/pessoas – se conectem a startups que tenham soluções e precisem desses recursos.

“Minas está cumprindo com sua proposta de ser o fechamento de todos os nossos encontros do Brasil. A gente está trazendo todas as startups que participam do programa aqui para BH, que está se colocando como o lugar certo para inovar. A gente vai conseguir trazer um público estimado de 500 e 600 pessoas entre startups, investidores e empresas”, disse Bruno, ressaltando a grande oportunidade para geração de negócios.

#MinasDigital#100OpenStartupsFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.