Notícias

< voltar
05/Abr/2017 - 10:57 - Atualizado em 05/Abr/2017 - 11:08

Centro de pesquisa mineiro se torna nova unidade Embrapii

Sete centros foram selecionados pelo novo edital; os investimentos podem chegar a R$ 177 milhões em projeto de inovação


Por Redação Belo Horizonte
Painel solar desenvolvido pela CSEM Brasil
Crédito: Divulgação

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) anunciou o resultado preliminar de seu edital para a escolha de novas unidades. Sete foram selecionadas e os investimentos podem chegar a R$ 177 milhões em projetos de inovação.

Um dos centros selecionadas é o mineiro CSEM Brasil, habilitado para desenvolver projetos em eletrônica impressa, que permite inovações como os painéis solares orgânicos (OPV). As unidades foram avaliadas a partir de seus planos de ação, para a solução de problemas por meio da tecnologia.

Para isso, foi preciso mostrar que o centro de pesquisa está focado em uma área e conhece o setor, as empresas e os projetos desenvolvidos por elas e suas tendências. Outro ponto relevante é como ele vai cooperar com essas empresas de forma que consiga inovar dentro dos gaps que elas têm.

Tecnologia

Os painéis solares da CSEM são impressos em plástico rolo, em baixas temperaturas e de materiais orgânicos, o que reduz o impacto ambiental e os custos de produção. Além de ser leve, flexível, sustentável e com grande apelo para design, é previsto que custe 30 vezes menos do que os painéis tradicionais de silício hoje.

Apoio

A Embrapii apoia a iniciativa privada com grandes aportes financeiros no desenvolvimento de projetos tecnológicos. Para ter acesso a esse incentivo, as empresas precisam desenvolvê-los com as unidades de pesquisa credenciadas à Embrapii, atualmente presentes em todas as regiões do Brasil.

Para se tornar uma unidade, a instituição é avaliada por seu plano de ação. Nele, é preciso constar quantos contratos serão realizados ao longo de seis anos, quanto recurso será captado e em quantas empresas e, para isso, qual é a quantia que o centro de pesquisa vai precisar da Embrapii.

#pesquisa#inovação#embrapii#CSEMFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.