Notícias

< voltar
06/Fev/2018 - 10:47 - Atualizado em 06/Fev/2018 - 10:58

Docentes da UFMG participam, cada vez mais, como coautores de artigos científicos internacionais

Conexões internacionais na produção da ciência crescem mais que exponencialmente


Por Redação
Crédito: Notícias de Mineração

Um artigo publicado pela Universidade Federal de Mineras Gerais (UFMG) aponta que em um período de 15 anos, a partir de 2000, as conexões entre países na forma de coautorias em artigos científicos cresceram quase 13 vezes – saindo de 545 mil, em 2000, para mais de 7 milhões, em 2015. Ainda de acordo com a publicação, não  há limites para esse crescimento.

Ainda de acordo com a instituição, o aumento do fluxo global de conhecimento impulsiona a inovação e gera soluções para diversos problemas, mas, também, chega acompanhado de uma constatação negativa: o padrão de crescimento se mantém, ou seja, sobrevive o alto grau de hierarquização da rede internacional, em que poucas instituições e países continuam determinando a agenda de pesquisa.

A informação está relacionada a um dos resultados, mais relevantes de estudo, realizado por pesquisadores da Universidade e do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), publicado na revista Scientometrics. E as conclusões do trabalho foram tema de matéria publicada neste mês pela Nature Index, revista do grupo britânico Nature que avalia indicadores de produção científica.

Para conferir o artigo na íntegra, clique aqui.

#pesquisa#ciência#artigoscientíficos#artigosFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.