Notícias

< voltar
12/Out/2016 - 00:00 - Atualizado em 11/Out/2016 - 16:03

Empreendedores brasileiros se capacitam em Stanford

Programa de intercâmbio é promovido pela Fumsoft e pelo MGTI e levará 23 empresas para o Vale do Silício


Por Redação Belo Horizonte

Quarenta empreendedores brasileiros ingressaram no 2º Programa de Inovação e Empreendedorismo, organizado pela Fumsoft e pelo MGTI, em parceria com o Centro de Desenvolvimento Profissional da Universidade de Stanford, na Califórnia - EUA.

A segunda edição conta com a participação de 23 empresas de base tecnológica – sediadas em Minas Gerais, Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul – que terão a oportunidade ímpar de apresentar seus projetos para renomados professores e investidores do Vale do Silício.

Participantes de destaque no mercado

Líder na América Latina em plataforma de vídeo online (OVP), a Sambatech é uma das empresas que irão ao Vale do Silício. Para a product manager da empresa, Yolanda Vieira, Stanford tem uma reputação inquestionável como uma escola que teve papel essencial no desenvolvimento tecnológico no Vale do Silício, na Califórnia. “É um privilégio ter a oportunidade de participar de um programa desenvolvido nesse ecossistema. Queremos pensar como as mentes que lançaram empresas líderes em seus mercados e construíram negócios sólidos e duradouros, acreditamos que iremos chegar lá”.

O portal que disponibiliza, gratuitamente, cupons de desconto das melhores lojas online do Brasil e ainda devolve parte do valor gasto em compras, direto em conta bancária, o Méliuz, também não perdeu essa chance. Seu fundador, Ofli Guimarães, comenta que o Méliuz está crescendo muito rápido e isso traz novos desafios para os líderes do time a cada dia. “O programa de Stanford vai nos dar novas visões sobre nossos projetos e pode nos ajudar a enfrentar os desafios que estão surgindo. Espero apresentar o projeto com as dores e desafios que estamos enfrentando e receber feedbacks importantes dos professores que são referência em empreendedorismo e inovação”, frisa.

Buscar informação nos smartphones, melhorar a experiência das pessoas com seus celulares, é a proposta da Take.net, que participa pela segunda vez da capacitação. Com expertise em mensageria, a empresa pretende ajudar as organizações a se adaptarem e prosperarem nesta nova era digital, explorando o potencial das conversas inteligentes e dos chatbots.

Entidades participantes

A participação de instituições mineiras é a grande novidade da edição 2016. Representantes da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), que representa a indústria do estado e atua na defesa de seus interesses local e nacionalmente, e do Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais (SINDINFOR) estão entre os empreendedores.

Para o presidente do SINDINFOR, Wellington Teixeira, devido ao sucesso da primeira edição se faz necessário a presença do sindicato para replicar os conhecimentos adquiridos tanto para a diretoria atual quanto para as empresas do setor. “Temos a oportunidade de ajudar a disseminar essa iniciativa para as empresas de TI mineiras”.

*Com informações de Fumsoft

#fumsoft#MGTI#stanford#intercambioFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.