Notícias

< voltar
27/Abr/2017 - 14:33 - Atualizado em 27/Abr/2017 - 14:59

Empreendedores mineiros são homenageados com a Medalha da Inconfidência

Roberta Vasconcellos, da startup BeerOrCoffee, e João Souza, presidente do Projeto Fa.Vela, foram lembrados na honraria máxima de Minas Gerais


Por Renato Carvalho/SIMI Belo Horizonte
Governador Fernando Pimentel e João Souza, presidente do Projeto Fa.vela
Crédito: Imprensa MG

Na última sexta-feira, 21 de abril, foi realizada pelo Governo de Minas Gerais a entrega da Medalha da Inconfidência a pessoas que contribuíram para o desenvolvimento do estado e do Brasil. Dentre a lista de agraciados, dois empreendedores mineiros foram homenageados: João Souza, presidente do Projeto Fa.vela, e Roberta Vasconcellos, fundadora da startup BeerOrCoffee.

Com foco em apoiar empresas de moradores de vilas e aglomerados de BH e região Metropolitana, o Fa.Vela promove o acesso do empreendedorismo e a inovação aos moradores de periferias. O grupo não esperava o reconhecimento tão rápido, já que existe há dois anos. “A gente já realizou muitos projetos e foi uma surpresa muito boa saber que estamos sendo observados”, disse João.

O presidente do projeto destaca, ainda, a quantidade de movimentos sociais recebendo medalhas. “Foi muito importante ver a representatividade de pessoas com diferentes origens, de favelas, periferias, negros. Mostra que há outras pessoas tentando fazer mudança”, avaliou.

O motivo de ter recebido a homenagem é muito claro. Mesmo sendo uma organização da sociedade civil, o Fa.vela preza, segundo seu presidente, por uma gestão voltada para a sustentabilidade. “Pensamos como se fosse um negócio, preocupados com escalabilidade, monitoramento de resultados, entre outros, e não apenas no lado assistencial”, apontou João.

Roberta Vasconcellos

Do outro lado, Roberta acredita que representar os empreendedores mineiros é uma responsabilidade imensa. “Somos muitos que ajudam no desenvolvimento da economia com esforço, paixão e dedicação diária.”

A honraria foi muito valorizada pela empreendedora. “Fazemos o que acreditamos e batalhamos todos os dias para que nosso negócio se desenvolva e impacte o máximo de pessoas possíveis”, explicou Roberta.

Com o BeerOrCoffee, Roberta participou do programa de aceleração do Governo de Minas Gerais, o Seed, e ficou em primeiro lugar. “Tivemos a oportunidade de aprender e retribuir muito para o ecossistema”. O objetivo, segundo a empreendedora, é continuar trabalhando para que o negócio se desenvolva e gere resultados e impactos na sociedade e na economia.

“Seguiremos sempre retribuindo para o ecossistema, para a nossa comunidade de startups – o San Pedro Valley -, ajudando e compartilhando conhecimento e tempo com outros futuros empreendedores e pessoas que não têm acesso a essas oportunidades”, afirmou Vasconcellos.

#empreendedorismo#startups#MinasDigitalFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.