Notícias

< voltar
19/Set/2017 - 12:20 - Atualizado em 20/Set/2017 - 10:50

Inova Minas Fapemig abraça a cidade e aproxima ainda mais a ciência da sociedade

Mais de 30 mil pessoas passaram pelo evento e puderam conhecer projetos das universidades, escolas  e centros de pesquisa


Por Alysson Lisboa/SIMI Belo Horizonte
Exposições geram muita curiosidade das crianças durante o Inova Minas
Crédito: Simi/Divulgação

Quando ciência, pesquisa e empreendedorismo se juntam boas coisas acontecem. Mas quando essa união se dá em um lugar agradável, como o Circuito Praça da Liberdade, em um fim de semana de sol, as famílias chegam e a curiosidade toma conta de todos. Durante três dias, o Inova Minas Fapemig levou para a praça os avanços da inovação e da ciência. Competição de robôs, oficina de matemática, museu itinerante e mostra de ciências. Os museus e o entorno da praça foram tomados pelas famílias. Balões, pipoca, música e intensas atividades durante todo o dia.

Quatro trabalhos vão para a Finit

No Museu das Minas e do Metal - MMM Gerdau diversos projetos foram apresentados. Durante o workshop, os participantes receberam treinamento de pitch e os quatro projetos que mais se destacaram ganharam o direito de expor suas soluções durante a Finit - a feira mais inovadora da América Latina, que será realizada no Expominas, de 31 de outubro a 5 de novembro. As selecionadas foram: Design instrucional e inovação das metodologias de ensino jurídico; Análise econômica da aplicação da telessaúde na triagem da retinografia diabética nos centros hiperdia do Estado de Minas Gerais; Uso de jogos como atividades de fixação e revisão de conteúdos de literaturas de língua portuguesa e sensores de baixo custo para monitoramento ambiental em tempo real e detecção de estresse em plantas.

Mostrar as pesquisas para a população e permitir que o jovem seja protagonista. Essa foi a missão do Inova Minas Fapemig
Crédito: Simi/Divulgação

“A ciência descobre como funciona a natureza e todos esses programas lançados no Inova Minas na Praça da Liberdade servem para fazer a aproximação entre a ciência e a sociedade”, afirmou o professor Evaldo Vilela, presidente da Fapemig e responsável pelo evento. Ele ressaltou o interesse crescente dos jovens pela ciência, inovação, conhecimento. “Valorizar o protagonismo do jovem é muito necessário”, completou Vilela.

Unindo o empreendedorismo e a ciência

Muita gente ainda acha que a ciência é um lugar isolado e o que o cientista está dentro dos laboratórios produzindo conhecimento apenas. A nova ciência, e o evento Inova Minas prova isso, aproxima as startups dos centros de pesquisa. “Os jovens hoje não estão perseguindo riqueza. Eles estão perseguindo um protagonismo e o Inova Minas é uma vitrine para isso”, finaliza o professor.

Tarcísio de Souza de Belo Horizonte, ex-aluno da PUC Minas, e Aparecida Fernandes estiveram no evento para apresentar o projeto Feedback em Saúde. O jogo, que ensina crianças a correta utilização de remédios, é uma ampliação do projeto que começou com visitas a hospitais, principalmente aos pacientes que são crianças e portadoras de doenças crônicas. Maury Meirelles, professor de Engenharia Elétrica da PUC Minas e sua aluna Thais Linhares: "É muito bom ver as coisas saindo do laboratório e ajudando pessoas" 

Maury Meirelles, professor de Engenharia Elétrica da PUC Minas e a aluna Thais Linhares: "É muito bom ver as coisas saindo do laboratório e ajudando pessoas" 
Crédito: Simi/Divulgação

A ciência de mãos dadas com a sociedade

Resolver problemas das pessoas e melhorar a qualidade da vida de amputados por meio da ciência e da tecnologia. Prótese robótica para membros superiores com rede neural artificial embarcada. Esse o nome do projeto do professor Maury Meirelles, doutor em Engenharia Elétrica e professor da PUC Minas em Contagem. O protótipo saiu do laboratório de robótica e inteligência artificial da PUC Minas Contagem e ganhou muita atenção dos visitantes. A tecnologia usa redes neurais que convertem sinais elétricos que, captados e tratados, permitem movimentos de uma prótese. Thais Linhares, aluna do professor Maury comemora o sucesso do projeto. “Você cria um conhecimento que é bom para o mundo. O que você aprende não vai ficar somente para você. Podemos ajudar as pessoas”, completa.

Portal de Periódicos de Minas Gerais

Durante o Inova Minas, foi lançada a plataforma digital para períodos. A  Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em parceria com a Fapemig, realizou um detalhado trabalho de mapeamento das revistas científicas do Estado que, agora, estarão reunidas em um só local. Com o lançamento, Minas Gerais torna-se o primeiro estado a elaborar uma “política de periódicos”.

Confira a cobertura da TV Simi:

Confira galeria do evento:

#DCCUFMG##pucminas##inovaminasFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.