Notícias

< voltar
05/Jan/2018 - 11:33 - Atualizado em 08/Jan/2018 - 11:52

Jovens de diversas regiões chegam à BH para maratona empreendedora

WY Experience vai formar lideranças para impactar o empreendedorismo das suas regiões de origem


Por Alysson Lisboa/SIMI Belo Horizonte
Serão três meses de imersão para 10 participantes de várias partes do país. O programa vai formar lideranças para impactar o empreendedorismo em suas regiões de origem
Crédito: Simi/Fotomontagem

Foi dada a largada! Vai começar na próxima segunda-feira (8/1) o Wylinka Experience (WYXP), jornada na qual dez estudantes universitários desembarcam em BH para viver, durante dois meses, uma maratona de capacitação e treinamento em empreendedorismo e inovação. São cinco homens e cinco mulheres selecionados pela Wylinka - organização que tem o propósito mobilizar e desenvolver instituições e ecossistemas para a inovação e o empreendedorismo, a partir da promoção e transformação do conhecimento.

O programa busca desenvolver competências, treinamento e impacto local. “O objetivo foi escolher um grupo bem heterogêneo com perfil, faixa etária variada e áreas de estudo também diversas para que juntos, possam construir um programa motivador”, completa Amélia Machado, uma das responsáveis pelo programa na Wylinka.

Atividades que serão desenvolvidas

Assim que desembarcarem em Belo Horizonte, o grupo realiza testes junto o  LETSS/UFMG (Laboratório de Estudos sobre Trabalho, Sociabilidade e Saúde) do departamento de Psicologia da UFMG. O objetivo é possibilitar a medição antes e depois das competências adquiridas percebendo quais foram as evoluções alcançadas. Os jovens são das cidades de: Sete Lagoas; Ipatinga, Passos, Uberaba, Ouro Branco, Vitória (ES), Fortaleza (CE) e Rio de Janeiro.

Primeira edição do evento foi realizada em 2016 
Crédito: Reprodução/Wylinka

Os participantes também serão desafiados individualmente e coletivamente e precisaram apresentar projetos que impactam a cidade de Belo Horizonte e o seu ecossistema local. Entre as áreas que serão trabalhadas estão: o autoconhecimento, empreendedorismo, ecossistemas, inovação e tecnologia e impacto social.  Essa imersão em um ambiente de tecnologia vai permitir que o participante seja desafiado, receba treinamento e tenha prática de projetos em situações reais e cotidianas.

“Sabemos que o Brasil precisa de futuros articuladores do conhecimento - pessoas que vão trabalhar em universidades ou ambientes de pesquisa e que sejam capazes de transformar ciência em inovação; A partir disso, desenhamos uma missão: criar um programa para jovens universitários apaixonados por conhecimento e inovação que queiram atuar na transformação de pesquisa em tecnologia e sonhem com um mundo de empreendedorismo e inovação”, completa Amélia Machado da Wylinka.

Todo projeto será acompanhado pela Rádio 98 e também pelo Simi - Sistema Mineiro de Inovação e será encerrado no dia 2 de março. Essa é a segunda versão do WYXP. A primeira foi realizada em 2016. O evento tem apoio da Fapemig e Sedectes.

#Wylinka#SeedMG #Seed4ScienceFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.