Notícias

< voltar
13/Fev/2017 - 10:53 - Atualizado em 13/Fev/2017 - 11:31

Jovens lançam projetos inovadores no Sul de Minas

“Tinder das caronas” e ferramenta de marketing na internet em oito passos devem ser lançados ainda este ano


Por Redação Belo Horizonte
O aplicativo do Hit The Road vai permitir que usuários peguem carona com pessoas com quem tenham algo em comum.
Crédito: Inovação Santa Rita do Sapucaí/Divulgação


Gastar menos com uma viagem e ainda fazer um amigo ou paquerar. Essa é a proposta de um grupo de estudantes de Santa Rita do Sapucaí (MG), que desde junho de 2016 vem desenvolvendo um aplicativo para smartphones. “É o ‘Tinder das caronas’”, diz o aluno de engenharia da computação, Bruno Toledo, fazendo alusão a uma das mais populares ferramentas virtuais de conquista da atualidade. “O aplicativo do Hit The Road vai permitir que usuários peguem carona com pessoas com quem tenham algo em comum. Por exemplo, eu assisto uma série e você também. Tem papo para pegar carona com você e posso conhecer uma pessoa que seja relevante para a minha vida”, explica Toledo.

Toledo explicou ainda que, para se registrar no Hit the Road, a pessoa que deseja oferecer caronas deverá se cadastrar por meio de redes sociais e apresentar a documentação de habilitação e do veículo. Para fins de segurança, o motorista será sempre avaliado também por meio de pontuação. Já para quem deseja receber a carona, basta se cadastrar com o perfil das redes sociais. Quem quiser pode se candidatar à vaga de “embaixador do Hit the Road” e ajudar os empreendedores a descobrirem como tornar o aplicativo mais confiável e, principalmente, de uso confortável.

Outro projeto inovador é o realizado pela startup do engenheiro de computação Tiago Hollerbach, que trabalha em um aplicativo de marketing voltado para pequenas e médias empresas. Easy Pic, como foi batizado, é um programa de edição e criação de anúncios virtuais, permitindo que o usuário insira logo e personalize a postagem.

Crédito: Easy Pic/Divulgação

“Uma cabeleireira, por exemplo, terminou o corte de cabelo e quer publicar nas redes sociais. Em oito passos, ela dá um toque profissional à postagem, porque o aplicativo, inclusive, sugere posicionamentos, informa se a iluminação está legal”, conta o jovem empreendedor de 25 anos.

O Easy Pic ainda oferece uma ferramenta para edição de vídeos de até 15 segundos e deve ficar pronto no início de 2017. A proposta é que o usuário pague uma taxa mensal de R$ 19,90 para utilizá-lo.

As duas startups estão sendo pré-aceleradas no Crowdworking Vale da Eletrônica, programa de empreendedorismo mantido por meio de parceria entre Inatel, Telefônica e Ericsson. A pré-aceleração é a fase em que uma ideia de formação de uma empresa é testada e avaliada pelo mercado para que passe por ajustes e transformações, se torne um modelo de negócio viável e inovador e depois se torne realidade.

#tecnologia#startup#minasgerais#SantaRitaDoSapucaí#valedaeletronicaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.