Notícias

< voltar
07/Dez/2016 - 08:00 - Atualizado em 07/Dez/2016 - 11:07

Laboratório da Cerveja ajuda a garantir a qualidade das bebidas artesanais

Análises em várias etapas da produção da cerveja e em seus insumos são realizadas no laboratório da UFMG


Por Redação Belo Horizonte

Cada vez mais as cervejas artesanais ganham mercado e tornam-se disponíveis em supermercados por todo o Brasil. Atenta a esse mercado, a UFMG conta com o Laboratório da Cerveja: soluções em microbiologia, coordenado pelo professor Carlos Rosa, que garante a qualidade dos produtos que chegam até o consumidor.

Mesmo com a alta demanda, faltam empresas capacitadas no mercado para realizar análises de agentes contaminantes da cerveja. Desta forma, em parceria com o Laboratório de Taxonomia, Biodiversidade e Biotecnologia de Fungos, do Instituto de Ciências Biológicas, o Laboratório da Cerveja supre essa necessidade de produtores artesanais.

Para Luciana Brandão e Beatriz Borelli, idealizadoras do projeto, algumas bactérias e leveduras podem causar a degradação da qualidade da cerveja e torná-la desagradável ao paladar do consumidor. Para evitar isso, análises em várias etapas da produção da cerveja e em seus insumos são realizadas no laboratório.

O serviço mais realizado é a análise da cerveja já engarrafada ou do chope, já que os agentes contaminantes são detectados mais facilmente após o processo de produção. “Acetobacter e Gluconobacter são gêneros de bactérias que dão aroma de vinagre à cerveja, enquanto os gêneros Lactobacillus e Pediococcus geram caráter amanteigado na bebida. Esses microorganismos deterioradores alteram a qualidade do produto, podendo causar prejuízos econômicos e a perda de confiança do consumidor”, afirma Luciana.

Em 2017 o Laboratório da Cerveja deve oferecer cursos de capacitação relacionados à produção da bebida: cerveja caseira, microbiologia, gerenciamento de leveduras e controle de qualidade em cervejarias são alguns deles.

#ufmg#cerveja#laboratórioFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.